Folha Vitória Morre mulher com covid-19 transferida de Manaus para o Espírito Santo

Morre mulher com covid-19 transferida de Manaus para o Espírito Santo

Ela faleceu às 9h45 desta sexta-feira (29) e estava internada no Hospital Dr. Jayme Santos Neves, na Serra, com outros 35 pacientes vindos do Amazonas

Folha Vitória
Foto: FAB/divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Uma paciente com covid-19, transferida de Manaus (AM) para o Espírito Santo, durante a crise hospitalar no Amazonas, faleceu na manhã desta sexta-feira (29). A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). A mulher, de 47 anos, apresentava múltiplas comorbidades e não resistiu, tendo ficado hospitalizada por sete dias. Ela estava internada na UTI do Hospital Dr. Jayme Santos Neves, na Serra. Veio com um grupo de pessoas transferidas durante a crise hospitalar na capital manauara.

Por nota, a Sesa lamentou o falecimento e informou que a família já foi comunicada e serão adotados protocolos de liberação do corpo, processo sob responsabilidade do Governo do Estado do Amazonas. "Toda a atividade será acompanhada pela técnica representante do Governo do Estado do Amazonas que está em solo capixaba, além de profissionais do hospital (médico, assistente social e psicólogo)", complementa a nota.

Pacientes

A Sesa também informou que 35 pacientes transferidos do Estado do Amazonas para o Es´´pírito Santo permanecem sob os cuidados dos profissionais do hospital. Quatorze deles estão em UTI e 21 em enfermaria. Todos são adultos. Dos que estão em enfermaria, oito se encontram com condições de alta clínica, aguardando a negativação do teste RT-PCR para retorno ao estado de origem.

A Secretaria da Saúde do Estado do Espírito Santo (Sesa) informa que 35 pacientes transferidos do estado do Amazonas para o Espírito Santo permanecem sob os cuidados dos profissionais do Hospital Dr. Jayme Santos Neves, na Serra, sendo 14 em UTI e 21 em enfermaria - todos adultos. Dos que estão em enfermaria, oito se encontram com condições de alta clínica, aguardando a negativação do teste RT-PCR para retorno ao estado de origem.

A Sesa lamenta o falecimento de paciente do sexo feminino, de 47 anos, ocorrido nesta sexta-feira (29), às 09h45. A paciente apresentava múltiplas comorbidades e não resistiu, tendo ficado hospitalizada por sete dias.

A família foi comunicada e serão adotados protocolos para liberação do corpo - processo de responsabilidade do Governo do Estado do Amazonas. Toda a atividade será acompanhada pela técnica representante do Governo do Estado do Amazonas que está em solo capixaba, além de profissionais do hospital (médico, assistente social e psicólogo).

Últimas