Obesidade: doença pode causar dores fortes nos músculos e articulações

Além disso, o consumo excessivo de açúcar acelera processos inflamatórios no organismo e precisa ser ponderado por quem está sobrepeso

Foto: release
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória
Obesidade é um fator de risco para que pessoas desenvolvam quadros graves do novo coronavírus.

De acordo com dados da Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vitigel), o índice de obesidade cresceu 67,8% entre 2006 e 2018. Segundo o estudo, a taxa de obesidade no país passou de 11,8% para 19,8%, entre os anos citados. Além de provocar doenças cardiovasculares, colesterol alto e pressão alta, o especialista em dor crônica André Félix alerta que a obesidade também pode gerar dores no corpo.

A obesidade é uma doença crônica, que se caracteriza principalmente pelo acúmulo excessivo de gordura corporal. “O consumo, principalmente de açúcares aumentam os níveis de substâncias inflamatórias no organismo, consequentemente, maiores são as chances de dores nas estruturas do corpo, como músculos e articulações, principalmente dores nas costas, pernas e braços”, explica o médico André.

Dados

A obesidade é uma das doenças que mais tem crescido nos últimos anos em nível global. No Brasil uma em cada cinco pessoas é obesa e mais da metade da população das capitais estão com excesso de peso. Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que os índices de obesidade e sobrepeso quase triplicaram desde 1975. Em todo o mundo, existem pelo menos 650 milhões de obesos.

Covid-19

Além disso, uma pesquisa do Jornal Europeu de Endocrinologia, mostra que a obesidade é um fator de risco para que pessoas desenvolvam quadros graves do novo coronavírus. Entretanto, acrescenta que qualquer grau de sobrepeso pode ser prejudicial para quem é infectado pela covid-19.