Folha Vitória Operação policial apreende material hospitalar em ferro-velho de Vila Velha

Operação policial apreende material hospitalar em ferro-velho de Vila Velha

Ação contou com o apoio da Polícia Civil, Federal, Guarda Municipal e fiscais da prefeitura. Foram apreendidos também cabos de aço da EDP e placas de sinalização

Folha Vitória
Foto: Reprodução TV Vitória

Materiais hospitalares foram apreendidos durante Operação Hefesto no bairro Cobilândia, em Vila Velha. O responsável pelo material foi levado para a delegacia e notificado, pois não tinha o comprovante de aquisição. 

A ação policial aconteceu na manhã desta sexta-feira (03) e contou com a participação da Guarda Municipal de Vila Velha, Policia Civil, Federal e fiscais da prefeitura. Os agentes apreenderam material hospitalar, cabos de aço da EDP, ferro gusa e placas de sinalização da prefeitura de Vila Velha. 

"Esses pontos identificados através de investigação, seja por parte da investigação da Polícia Civil, seja por parte da Guarda Municipal no âmbito investigativo d e saber aqueles pontos que receptam algum tipo de material", explicou o inspetor estratégico de trânsito, agente Assunção. 

O que chamou a atenção dos agentes, foram as peças de ambulatório hospitalar, sendo eles separadores de maca, suportes de soro e medicação. 

"Tinha material hospitalar, placas de prefeitura municipal de Vila Velha, que a gente não pode dizer que foi retirado e vendido. Podemos dizer que ela caiu e a placa foi entregue lá de alguma forma", disse.

Segundo a Guarda Municipal, o responsável não tinha comprovante de aquisição dos materiais e, por esse motivo, foi levado para a delegacia de Vila Velha e notificado. O estabelecimento precisou ser interditado pelos fiscais da prefeitura.

O homem colaborou durante toda a investigação e mostrou onde estavam os objetos. "Ele foi cooperativo em todo momento. Mostrou onde estavam os materiais que na visão dele não tinha nenhum indício", contou o agente.

O local é bastante precário e sujo para condições de trabalhos e, além disso, uma família de cinco pessoas mora no estabelecimento. Conforme a guarda, 22 operações voltadas para esse tipo de fiscalização aconteceram no último ano. Essa foi a quarta ação.

 "A gente não está focando em fechar ferros velhos, a gente quer que as pessoas tratem isso com um pouco mais de tranquilidade e de responsabilidade", ressaltou o inspetor.

Por nota, a Polícia Civil informou que o suspeito foi conduzido pela Guarda Municipal para a Delegacia Regional de Vila Velha. Ele foi ouvido e liberado depois das autoridades policiais entenderem que não haviam elementos suficientes para decretar prisão em flagrante. 

O caso foi encaminhado para o 9º Distrito de Polícia de Vila Velha para melhor apuração dos fatos.

*Com informações da repórter Alice Mourão da TV Vitória/ Record TV

Últimas