Folha Vitória Pai ameaça processar boate após filho 'ganhar um carro' e receber brinquedo de criança

Pai ameaça processar boate após filho 'ganhar um carro' e receber brinquedo de criança

Cartaz de casa de shows mostrava uma foto de um Mini Cooper e dizia que o vencedor seria anunciado em evento no local por um DJ

Folha Vitória
Foto: WIKIMEDIA COMMONS; PEXELS; MONTAGEM/R7
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um pai afirmou estar pronto para processar uma boate depois que o filho dele, de 18 anos, ganhou um carro novo em uma competição, mas recebeu apenas um brinquedo de plástico dos organizadores. Gregory Edwards, de 40 anos, disse que o jovem foi “enganado” pelo concurso.

De acordo com o tabloide britânico Mirror, Noah entrou na competição da boate local Atik, em Colchester, no Reino Unido, que afirmou estar dando um carro para o vencedor. Segundo Edwards, o cartaz com a oferta mostrava a foto de um Mini Cooper.

>> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas? Participe da nossa comunidade no WhatsApp ou entre no nosso canal do Telegram!

Para ganhar o veículo, os convidados deveriam comprar o ingresso para um evento no dia 31 de março, e os vencedores seriam escolhidos entre os titulares dos ingressos, de forma aleatória, e anunciados na noite do evento por um DJ.

No entanto, pai e filho ficaram irritados depois que Noah foi informado de que só receberia um carro de brinquedo, apesar de nenhuma menção a isso ter sido realizada no pôster publicitário.

“Não havia termos e condições no anúncio, nenhum asterisco, nada que inferisse que se tratava de um carrinho de brinquedo, nenhuma informação adicional ou algo do tipo", explicou Edwards. “Mostrei a amigos e colegas, perguntei sobre isso, e todos concordaram que parece que você compra um ingresso e pode ganhar um carro".

LEIA TAMBÉM: Bodes nervosinhos são presos após brigarem no meio da rua

O pai de Noah ainda comentou que o jovem está aprendendo a dirigir no momento, então ele teria que fazer um seguro do veículo e esperava pagar, no máximo, cerca de 5.000 dólares (R$ 24,9 mil) no total.

“Noah falou com o gerente, que lhe disse que eles estavam pegando o carro da Smyths, com a foto de um carro de pedais amarelo e vermelho que as crianças usam", completou Edwards. “Meu filho tem necessidades especiais e não gosta de incomodar as pessoas, então simplesmente aceitou, mas ele está muito frustrado, assim como eu, pois quase parece uma competição falsa".

O porta-voz da Atik disse: “Estávamos oferecendo vários brindes durante o fim de semana. Lamentamos que isso tenha causado a decepção de nossos clientes, mas em nenhum momento o anunciamos como um carro ‘real’”.

*Com informações do Portal R7.

Últimas