Folha Vitória Parto de gestante deficiente auditiva emociona equipe médica do Hifa Guarapari

Parto de gestante deficiente auditiva emociona equipe médica do Hifa Guarapari

Mariane e o marido, Carlos Roberto Lopes de Oliveira, são deficientes auditivos e estavam apreensivos para o momento do nascimento de Ana Luara.

Folha Vitória

O nascimento da primeira filha de Mariane Ramos Pereira, 26 anos, foi cercado de emoção e humanização por parte da equipe médica que coordenou o parto, na semana passada, no Hospital Materno Infantil Francisco de Assis – Hifa Guarapari.

Foto: arquivo pessoal
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória
Mariane e Carlos Robertos, pais da Ana Luara, são deficientes auditivos.

Mariane e o marido, Carlos Roberto Lopes de Oliveira, são deficientes auditivos e estavam apreensivos para o momento do nascimento de Ana Luara. O casal não sabia como seria a comunicação com os profissionais.

Conhecida de Mariane há um tempo, a intérprete de libras, Sandra Calenti acompanhou a gestação pelas redes sociais e propôs a futura mamãe que pedisse autorização ao hospital para que ela acompanhasse o parto. “O Hifa foi parceiro e deu um show de atendimento humanizado. Durante todo o pré-parto, parto, em todo o tempo, a Mariane contou com a minha ajuda para promover essa acessibilidade entre ela e a equipe de saúde. Conseguimos transmitir a emoção do parto para a mãe”, enfatizou.

Foto: arquivo pessoal
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória
A intérprete de libras Sandra Calenti acompanhou o parto.

Poliana Ferreira Campos, coordenadora de Enfermagem da Maternidade, contou que no momento que a equipe foi realizar o exame que possibilita escutar os batimentos cardíacos do feto, colocaram o aparelho para a mãe sentir a vibração. “Foi muito bonito, a comunicação com essa mãe foi toda feita através de sentimentos. A intérprete explicava cada detalhe dos procedimentos e todos ficaram muito emocionados. Mariane pôde sentir o nascimento da filha, a equipe colocou a mão dela no bebê quando estava acontecendo”.

Foto: arquivo pessoal
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória
Com a recém-nascida no braços, Sandra ‘diz’ eu te amo”!

A intérprete finalizou parabenizando o hospital. “Parabéns ao HIFA por promover a inclusão social, pois a Mariane pôde vivenciar esse momento, comunicando plenamente com toda a equipe”.

*Texto de Aline Couto.

Últimas