Folha Vitória Perigos por trás dos chás emagrecedores; especialista alerta sobre intoxicação e infertilidade

Perigos por trás dos chás emagrecedores; especialista alerta sobre intoxicação e infertilidade

Os chás termogênicos ajudam a acelerar o metabolismo do organismo e colaboram com a queima de gordura. Mas nem sempre o uso dessas bebidas podem ser benéficas para a saúde

Folha Vitória
Foto: Reprodução/ Pexels
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Manter uma vida saudável nem sempre é uma tarefa fácil, principalmente para as pessoas que não são adeptas de exercícios físicos, e que possuem um hábito alimentar inadequado. Esses hábitos acabam contribuindo para o desenvolvimento de diversas doenças, entre elas está a obesidade e sobrepeso. 

Os problemas com a balança fazem com que essas pessoas busquem por resultados mais rápidos e satisfatórios em pouco tempo. Com isso, muitas vezes sem o auxílio e orientação de um profissional, o uso de chás emagrecedores acabam sendo a opção dessas pessoas, já que são chás termogênicos e são recomendados como aliados no processo de emagrecimento.

Os termogênicos ajudam a acelerar o metabolismo e colaboram com a queima de gordura. Mas nem sempre o uso dessas bebidas podem ser benéficas para a saúde. A nutricionista Flávia Castiglioni alerta sobre os prós e contras da ingestão dos chás.

Foto: Reprodução/Pexels
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Flávia afirma que os chás emagrecedores além de ótimos aliados no processo de emagrecimento, trazem inúmeros benefícios à saúde, pois possuem ação anti-inflamatória, antioxidante, detoxificante, diurética, termogênica, diminuem a ansiedade, compulsão e aceleram o metabolismo. Mas para alcançar o objetivo é importante que o uso seja prescrito por um profissional e utilizado de forma correta. 

Flávia ainda ressalta que os chás contribuem indiretamente no processo de emagrecimento, porém, para atingir seus objetivos é necessário uma reeducação alimentar e prática de atividade física. "Não adianta tomar chá e não mudar seus hábitos alimentares, achando que o consumo do chá (por si só) resolverá a questão," disse a nutricionista.

Os chás termogênicos consumidos em quantidades acima do recomendado trazem prejuízos à saúde. A nutricionista alerta que tomar essas bebidas de forma indevida pode acarretar algumas disfunções no organismo. Os perigos podem variar de intoxicação, infertilidade, eliminação de eletrólitos importantes, sobrecarga renal, arritmias, dentre outros.

Quais chás são recomendados para consumo e quais devemos evitar?

Foto: Reprodução/Pexels
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Segundo a especialista, os chás recomendados no processo de emagrecimento são: cavalinha, hibisco, carqueja, hortelã, gengibre, erva cidreira, dente de leão e chá verde. Mas ela alerta para a contraindicação.

"Os chás não são recomendados para gestantes, pessoas com problemas renais, gastrite e pressão alta. Alguns chás podem afetar a fertilidade. O excesso também pode causar intoxicação. Por isso, se faz necessário o acompanhamento de um profissional nutricionista para ajustar a concentração e volume a ser ingerido. Com acompanhamento profissional você terá a indicação do melhor chá para seu objetivo, concentração e também quantidade necessária e segura a ser consumida", ressalta.

Flávia explica sobre a função dos chás emagrecedores que mais costumam ser utilizados por pessoas que querem perder peso e apontou os perigos que cada um pode oferecer à saúde, se consumido de forma incorreta.

Chá verde

O chá verde acelera o metabolismo, desintoxica e desincha o corpo, favorece a microbiota intestinal e auxilia na defesa do organismo e por ser rico em cafeína possui efeito termogênico.

>> Contraindicado

O uso desta bebida é contraindicado principalmente para gestantes. Ele também não é apropriado para pacientes com distúrbios renais, hepáticos ou cardiovasculares, ou que possuem gastrite, úlcera ou pressão alta.

Chá de hibisco

O chá de hibisco é antioxidante, anti-inflamatório, diurético, regulariza o intestino, redução do colesterol, antidepressivo, controle da pressão arterial e auxilia na digestão.

>> Contraindicado

Essa bebida não é recomendada para gestantes e mulheres que desejam engravidar, uma vez que pode afetar a fertilidade e os hormônios femininos, em especial o estrogênio.

Chá de canela

O chá de canela ajuda no controle do colesterol e diabetes, estimula o sistema imunológico, é termogênico e alivia os sintomas da TPM.

>> Contraindicado

Não é recomendado para gestantes, pessoas com doença renal, hipoglicemia e hipertensão arterial.

Chá de gengibre

O chá de gengibre melhora a digestão, alivia náuseas, é anti-inflamatório e melhora o sistema imunológico.

>> Contraindicado

A contraindicação está muito relacionada com o excesso de gases, inchaço do estômago, azia e náuseas.

Chá de anis estrelado

O chá de Anis melhora o sistema imunológico, digestão, combate infecções e fungos.

>> Contraindicado

Este chá não é recomendado para gestantes, lactantes, crianças e pessoas com hipersensibilidade. Os efeitos colaterais incluem náuseas, vômitos e reações alérgicas na pele e respiratória quando consumido em excesso.

Chá de hortelã

O chá de hortelã tem um efeito calmante, fortalece o sistema imunológico e melhora o hálito.

>> Contraindicado

Este chá não é para crianças menores de 5 anos, gestantes e mulheres que amamentam. Deve ser evitado por quem tem refluxo e alergias.

Foto: Reprodução/Pexels
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Quais cuidados devemos ter ao tomar os chás emagrecedores?

Como a maioria dos chás “emagrecedores” possuem efeito termogênico e também altas concentrações de cafeína, a nutricionista recomenda que seja tomado pela manhã. Flávia alerta ainda para que se evite ao máximo consumir essas bebidas ao entardecer, pois pode prejudicar o sono.

A nutricionista afirma que beber chá quente demais pode aumentar o risco de câncer. Por este motivo, é importante ficar atento e optar por chás mornos.

Há um tempo de pausa para o consumo dessas bebidas?

Para Flávia, os chás consumidos com moderação e nas concentrações adequadas, não têm a necessidade de fazer intervalos nos consumos, uma vez que a bebida possui outros benefícios à saúde além do auxílio no emagrecimento.

Últimas