Folha Vitória Sustentabilidade está sendo reconhecida como fonte de inovação

Sustentabilidade está sendo reconhecida como fonte de inovação

Empresas que investem em ações ESG tendem a passar maior credibilidade por estarem seguindo os padrões inovadores e sustentáveis.

Foto: Divulgação/DINO
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O desenvolvimento social, a preservação ambiental, o respeito e a valorização dos colaboradores e parceiros são cada vez mais essenciais na estrutura das empresas que buscam um crescimento sólido e sustentável.

"Algumas empresas despontam como pioneiras nesse formato de negócio. Elas contam com um modelo de gestão que promove parcerias entre os setores públicos e privado e também o diálogo entre associações e organizações não governamentais, em busca de um mercado global mais inclusivo e sustentável", salienta Vininha F. Carvalho, editora da Revista Ecotour News & Negócios (www.revistaecotour.news).

O cumprimento da legislação ambiental e o desenvolvimento da atividade econômica seguindo as regras ambientais devem ser vistos não somente como um custo, mas como um investimento acima de tudo. Empresas focadas na inovação, como estratégia competitiva, conseguem corrigir problemas em seus processos, eliminando ou reduzindo o descarte de resíduos ou a necessidade de manuseio, descarte ou armazenamento de produtos.

"Ao longo dos últimos anos, as estruturas de negócios evoluíram muito e as empresas passaram a apostar em modelos de gestão mais sustentáveis. As preocupações de hoje vão muito além da geração de lucros", pontua Vininha F. Carvalho.

A mudança de paradigma, no sentido de que os negócios devem se preocupar com o meio ambiente, questões sociais, além da governança, tem como fundamento o desenvolvimento sustentável não só do meio ambiente ou do âmbito social, mas do próprio negócio.

"Adotar uma conduta corporativa ética é fundamental para o negócio prosperar. A sigla ESG (Environmental, Social and Governance) é uma necessidade para qualquer empresa, independentemente do tamanho, que se preocupe com o futuro e com a sua perpetuidade no mercado", finaliza Vininha F. Carvalho.

Últimas