Folha Vitória Vacinação de pessoas com comorbidades pode começar ainda esta semana no ES

Vacinação de pessoas com comorbidades pode começar ainda esta semana no ES

O secretário estadual de Saúde disse, nesta segunda-feira (26), que alguns municípios serão autorizados porque estão adiantados na imunização da primeira dose na população idosa; critérios para comprovação serão anunciados

Folha Vitória
Foto: Prefeitura de Vitória/ Elizabeth Nader
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O início da vacinação de pessoas com comorbidades entre 50 e 59 anos pode estar próximo. De acordo com o secretário estadual de Saúde, Nésio Fernandes, alguns municípios poderão iniciar a vacinação do novo grupo ainda nesta semana.

O anúncio foi feito durante uma entrevista coletiva que aconteceu no início da tarde desta segunda-feira, dia 26. Nésio afirmou que a vacinação avançará para o próximo grupo prioritário à medida em que a imunização dos idosos acima de 60 anos for concluída.

"Ao longo desta semana, diversos municípios capixabas já terão concluído a vacinação dos idosos com a primeira dose. Desta forma, estarão autorizados a iniciar o grupo de comorbidades", pontuou. 

A Secretaria de Estado de Saúde foi procurada, mas não disse quais são os municípios onde a vacinação das pessoas com comorbidades deve começar primeiro.

Sobre os critérios adotados na imunização, a previsão é que sejam divulgados em breve. De acordo com o secretário, ainda não ficou definido se a vacinação levará em consideração apenas as idades, ou se as comorbidades também serão consideradas na hora de estabelecer prioridades.

“A Sesa aguarda a resolução, até quarta-feira (28), que irá definir todos os procedimentos da vacinação após a população idosa”, finalizou o secretário.

Leia mais: Laudo com especialista para comprovar comorbidades pode dificultar acesso à vacina no ES

No último dia 19, questionada pelo Folha Vitória, a Secretaria de Estado da Saúde informou que esperava determinar, até o dia 23, os critérios para vacinação em pessoas com comorbidades (doenças crônicas como diabetes, problemas cardíacos, entre outros).

"Ainda esta semana, devemos encerrar a estruturação dos itens que serão comprobatórios da doença de base (comorbidade para tomar a vacina)", explicou o subsecrtário Luiz Carlos Reblin.

Na ocasião, Reblin disse ainda que o calendário para vacinar este público poderia não ser cumprido devido a diminuição da quantidade de doses vindas do Ministério da Saúde.

Leia também: Vacinação de pessoas de 50 a 59 anos com comorbidades deve começar no final de abril no ES

Últimas