Folha Vitória VÍDEO | Suspeitos de matar ativista político de Linhares são presos em Cariacica

VÍDEO | Suspeitos de matar ativista político de Linhares são presos em Cariacica

Segundo o delegado da Regional de Linhares, não há dúvidas de que os irmãos gêmeos detidos atuaram como executores do homicídio

Folha Vitória

As polícias Civil e Militar prenderam, nesta terça-feira (20), os suspeitos de envolvimento na morte do ativista político e candidato à vereador em Linhares, Jonas da Silva Soprani. As prisões ocorreram no bairro Vila Prudêncio, em Cariacica, onde os suspeitos moravam. 

As investigações são conduzidas pelo Departamento Especializado de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Linhares que resultaram na identificação de dois irmãos gêmeos, de 45 anos, como executores do crime. 

Uma ação conjunta realizada pela equipe da Delegacia Regional de Linhares e policiais militares do 7º Batalhão, de Cariacica, cumpriu mandados de busca e apreensão nas residências e, em uma delas, o carro usado no crime foi encontrado. 

Foto: Reprodução TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Segundo o delegado da Regional de Linhares, Fabrício Lucindo, não há dúvidas de que os dois suspeitos detidos atuaram como executores.

"Eles já moraram em Linhares e, atualmente, residem em Cariacica, de modo que é rotineiro circularem entre os dois municípios. Temos a comprovação de que ambos estavam em Linhares no dia do crime e pegaram a estrada logo após o homicídio. Um dos investigados já tem passagem por outro homicídio cometido também em Linhares".

O delegado informou que os suspeitos presos pelo crime serão interrogados e as investigações à respeito de outros possíveis envolvidos no assassinato serão feitas. 

"Esses elementos vão ser interrogados pela Polícia Civil e a DHPP de Linhares. E ainda estamos em busca de outros elementos que possam ter participado deste crime".  

Segundo a polícia, os detidos foram levados para a Delegacia Regional de Linhares e as investigações irão continuar para descobrir e esclarecer a real motivação para o crime que ainda não foi divulgada. 

Sobre o caso 

Foto: Reprodução TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Em 2020, Jonas da Silva Soprani, de 48 anos, foi morto a tiros na noite do dia 23 de junho, em um bar do bairro Novo Horizonte, em Linhares. O ativista era conhecido na região por sua atuação na política.  

Após os suspeitos efetuarem os disparos, Jonas foi socorrido e levado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos, e acabou morrendo. 

No mesmo ano, ele chegou a se candidatar ao cargo político de vereador do município de Linhares. Além do ativista, outro homem também foi baleado no momento do crime. 

O delegado Fabrício Lucindo informou que ao ser conduzido ao hospital, Soprani conversou com os policiais e, com imagens de câmeras de segurança, foi possível encontrar o veículo usado no crime. 

"A vítima chegou a ser socorrida e conversou com os policiais militares que atenderam a ocorrência. Depois, durante as investigações, obtivemos imagens de videomonitoramento que ajudaram a identificar o veículo usado no crime. Descobrimos que este carro pertence a um dos suspeitos presos hoje (20)", ressaltou o delegado.

Últimas