Folha Vitória Vila Velha poderá demitir servidor que furar fila da vacina contra a covid-19

Vila Velha poderá demitir servidor que furar fila da vacina contra a covid-19

Punições estão definidas numa portaria publicada nesta quarta (27) no Diário Oficial do município

Folha Vitória
Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A Prefeitura Municipal de Vila Velha poderá demitir o servidor público da Saúde que aplicar a vacina contra a covid-19 a quem estiver fora do público-alvo da imunização. Servidor da Saúde que não fizer parte do grupo prioritário e, mesmo assim, receber o imunizante também poderá ser demitido.

A punição para os "fura-filas" foi definida numa portaria, publicada nesta quarta-feira (27), no Diário Oficial do município. O documento é assinado em conjunto pela secretária de Saúde, Cátia Lisboa, e pelo secretário de Controle e Transparência, Otávio J´únior Postay. 

As regras vão mais além e estabelecem que quem aplicar vacina contra o coronavírus em usuário do SUS que não esteja no grupo definido para ser imunizado também poderá ser demitido ou ter o contrato de trabalho rescindido. Atualmente, somente podem receber a vacina os profissionais da Saúde que lidam diretamente com pacientes com a covid-19 e idosos que vivem em Instituições de Longa Permanência (ILP) como asilos e casas de repouso. Pessoas que receberem a vacina estando fora dessas classificações poderão responder a processo criminal.

Denúncias

A Secretaria de Saúde (Semsa), na portaria, planeja destinar um supervisor técnico a cada local de vacinação a fim de que haja uma fiscalização e controle dos trabalhos. Foi aberto também canais de denúncias para a população que poderá comunicar sobre irregularidades na vacinação pela Ouvidoria Municipal, através do telefone 162, pelo site (https://sistemas.vilavelha.es.gov.br/ouvidoria/) e pela Ouvidoria da Semsa no telefone (27) 3239-1731.

Últimas