Folha Vitória Vinagre pode enganar o resultado do bafômetro? Tire suas dúvidas!

Vinagre pode enganar o resultado do bafômetro? Tire suas dúvidas!

Vinagre pode enganar o resultado do bafômetro? Tire suas dúvidas!

Folha Vitória - Cidades 2

Folha Vitória - Cidades 2

Folha Vitória - Cidades 2
O etilômetro indica o n[ivel de álcool ingerido
Foto: EBC

Um vídeo que está circulando nas redes sociais gerou dúvidas sobre o teste do bafômetro onde um homem ingere bebida alcoólica, toma vinagre e diz que o aparelho não indica a ingestão de álcool. O Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BPTran) resolveu fazer vários testes com o fim de mostrar a ineficácia do uso do vinagre para fugir da fiscalização.

Um policial militar de folga ingeriu três latas de uma cerveja com 4,8% de concentração etílica. Passados 20 minutos o policial gargarejou vinagre e realizou o teste com o etilômetro três vezes, uma logo em seguida, outra após cinco minutos e uma após dez minutos. Nas três aferições constatou-se uma concentração que variou de 0,18 a 0,19 mg de álcool por litro de ar expirado, sendo que essas concentrações seriam aferidas pelo aparelho mesmo sem o uso do vinagre.

Após o teste com gargarejo, o policial ingeriu meio copo de vinagre e realizou o teste três vezes, respeitando a mesma ordem dos testes com gargarejo. As concentrações apresentadas foram as mesmas.

O Batalhão de Trânsito concluiu que o uso do vinagre, seja por gargarejo ou ingestão, não exerce qualquer influência que altere a leitura do aparelho em testes realizados em condutores que ingeriram álcool. As pequenas variações deram-se em virtude da absorção e eliminação do álcool pelo organismo.

Últimas