Folha Vitória Vítima por intoxicação da Backer recebe alta após contrair vírus em transplante de rim

Vítima por intoxicação da Backer recebe alta após contrair vírus em transplante de rim

O professor universitário foi intoxicado com uma cerveja da marca e precisou ficar internado por quase um mês

Folha Vitória
Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Uma das vítimas da intoxicação pela cerveja contaminada da empresa Backer recebeu alta médica. O professor universitário teve que ficar internado após contrair um vírus durante o transplante de um rim.

Cristiano Gomes, de 47 anos, recebeu alta na última segunda-feira (30). A informação da alta foi dada pela esposa de Cristiano, Flávia Shayer, que foi a doadora do órgão. Após a cirurgia e a alta do hospital, o tratamento será mantido em casa com a ajuda de médicos. A família se preocupa com a covid-19, já que o professor está com a imunidade baixa. 

Histórico

No dia 29 de setembro, Gomes precisou passar por uma cirurgia de transplante de rim depois do órgão ter sido comprometido em virtude da intoxicação pelo dietilenoglicol, substância tóxica presente nas garradas da cerveja Belorizontina.

O professor chegou a sair do hospital, mas precisou ser internado novamente no dia 4 de novembro.

Caso Backer

Em setembro, três sócios e sete funcionários da cervejaria Backer ser tornaram réus no processo contra a empresa a respeito dos quadros de intoxicação causados pela cerveja Belohorizontina. Ao todo dez pessoas morreram e mais de 20 tiveram alguma complicação ao consumir a cerveja.

* Com informações do Portal R7

Últimas