Gazeta Digital Mulher confessa que ateou fogo em conhecido após briga

Mulher confessa que ateou fogo em conhecido após briga

Josiane Lima dos Santos, 33, foi presa em Juína (735 km a noroeste de Cuiabá) após confessar ter ateado fogo em Oséias Vicente, em 5 de junho, por causa de uma discussão. A vítima acabou morrendo dias depois na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em decorrência das queimaduras.

Segundo a Polícia Civil, as investigações apontam que Josiane e Oséias estavam discutindo quando ela pegou uma garrafa com gasolina e jogou no desafeto, ateando fogo depois.

Leia também - Foragido da Justiça, autor de homicídio praticado em 2009 é preso em Sinop

Testemunhas viram a briga e depois o crime. A acusada alegou que Oséias já tinha tentando matá-la com fogo por causa de uma briga, por isso decidiu revidar.

Oséias chegou a ser internado e foi para a UTI por causa da gravidade dos ferimentos. Ele teve queimaduras de 3º grau. Depois de 9 dias internado, não resistiu aos ferimentos e faleceu.

Josiane tem passagens criminais por roubo, tráfico de drogas e homicídios. Ela responderá pelo crime de homicídio qualificado. (Com informações da Assessoria)