Gazeta Digital Suspeito de assassinato, filho de Flordelis comprou arma do tráfico

Suspeito de assassinato, filho de Flordelis comprou arma do tráfico

Flor de Lis

Flor de Lis

Gazeta Digital

Um dos filhos adotivos da deputada federal Flordelis (PSD-RJ) é suspeito de ter envolvimento com o tráfico de drogas, em Niterói, região metropolitana do Rio de Janeiro.

As investigações apontam que o jovem de 18 anos comprou uma arma de traficantes do morro da Cocada, mas não pagou.

O rapaz, com passagens por instituições de internação quando menor, é um dos suspeitos de ter assassinado Anderson do Carmo, marido de Flordelis, na madrugada do último domingo (16), no bairro de Pendotiba, também em Niterói.

De acordo com informações da Record TV Rio, o jovem, que foi preso nesta segunda-feira (17), é usuário de drogas e teve brigas recentes com seus pais adotivos.

Ele foi detido na casa da família pela suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas do morro da Cocada, comunidade próxima à Pendotiba.

Embora dois de seus filhos tenham sido presos e a principal hipótese para o crime tenha sido de execução, Flordelis não acredita que algum de seus 55 filhos - quatro biológicos e 51 adotivos - tenha sido o responsável pela morte de Anderson. “Isso não é verdade, isso é especulação. Eu não vou permitir que ninguém acuse um dos meus filhos sem ter provas”, disse a deputada federal durante o enterro de seu marido.

A DHNSG (Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo), responsável pelo caso, recolheu imagens de câmeras de segurança que mostram que os atiradores não usavam capuz no momento do crime.

O resultado dos exames toxicológicos do cachorro da família devem sair nesta terça-feira (18) e podem mostrar se o animal foi dopado pelos suspeitos do assassinato.