Cidades Governo inglês permite volta de torcedores ao estádio Wembley

Governo inglês permite volta de torcedores ao estádio Wembley

Milhares de torcedores voltaram, nesse domingo (18), ao Estádio Wembley, em Londres, pela primeira vez após o início da pandemia global de Covid-19. Segundo o R7, a permissão foi parte de testes do governo britânico. Ao todo, 4 mil torcedores foram permitidos na partida entre Leicester City e Southampton, que valeu pela semifinal da Copa da […]

Portal Correio
Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio
Foto: Imagem de maxopt por Pixabay

Milhares de torcedores voltaram, nesse domingo (18), ao Estádio Wembley, em Londres, pela primeira vez após o início da pandemia global de Covid-19. Segundo o R7, a permissão foi parte de testes do governo britânico.

Ao todo, 4 mil torcedores foram permitidos na partida entre Leicester City e Southampton, que valeu pela semifinal da Copa da Inglaterra. O número é uma fração da capacidade máxima do Wembley, de 90 mil torcedores.

No campo, o Leicester venceu o Southampton por 1 a 0 e enfrentará o Chelsea na final.

Segundo a Sky News, dois shows em Liverpool e o Campeonato Mundial de Sinuca Inglesa — que recebeu cerca de 300 fãs — também fizeram parte do Programa de Pesquisa de Eventos (ERP, na sigla em inglês) do dia.

A ideia do governo britânico é conseguir aferir as consequências de eventos com públicos no momento e a taxa de contágio.

O plano quer permitir que, lentamente, os eventos recebam cada vez mais públicos e os moradores locais diminuam o uso de máscaras. Para entrar em um evento é preciso mostrar um exame negativo de Covid-19 feito nas últimas 36 horas.

Se o plano funcionar e a doença não continuar a se espalhar, a final da Copa da Inglaterra, que será disputada em 16 de maio, também em Wembley, receberá 21 mil torcedores.

Os participantes do programa de pesquisa devem ceder dados de rastreamento e de testes, cujos resultados serão compartilhados entre diversos departamentos do governo do Reino Unido, para detectar possíveis surtos após essas aglomerações.

Últimas