Homem usa faixa com símbolo do nazismo em bar de Unaí, em MG

Imagem publicada em rede social no sábado (14) gerou indignação e revolta entre internautas. Polícia diz não ter registro de chamados para o local 

Homem ostenta faixa com símbolo do nazismo em restaurante de Unaí (MG)

Homem ostenta faixa com símbolo do nazismo em restaurante de Unaí (MG)

Reprodução Twitter

Um homem usou uma faixa da suástica, símbolo do nazismo, em um bar localizado na cidade de Unaí, no interior de Minhas Gerais. A foto foi publicada no sábado (14) no Twitter e provocou indignação entre internautas moradores da cidade.

Na imagem é possível ver um homem sentado à mesa vestindo calça e camisa e ostentando, no braço esquerdo, uma faixa com a suástica, cruz adotada como emblema oficial do 3º Reich e do Partido Nacional-Socialista alemão. A imagem se tornou mundialmente conhecida como símbolo do nazismo.

A foto publicada na rede social tem, até o momento, 865 compatilhamentos e comentários de internautas, que chegaram a citar leis que incitam discriminação ou preconceito. A Polícia Civil de Minas Gerais informou que não há registros sobre o fato durante este fim de semana.

Segundo a Convenção Internacional de Eliminação de Todas as Formas de Discriminação Racial, do qual o Brasil é signatário, os estados que fazem parte condenam toda propaganda e todas as organizações que se inspirem em ideias ou teorias baseadas na superioridade de uma raça ou de um grupo de pessoas de uma certa cor ou origem étnica e se comprometem a punir esses delitos por lei.

O artigo 20 da Lei de Crime Racial prevê em seu artigo 20 que praticar, induzir ou incitar, por meios de comunicação ou por publicação de qualquer natureza, a discriminação ou preconceito de raça, por religião, etnia ou procedência nacional é crime com pena de reclusão de dois a cinco anos.