Cidades Homicídios atingem 62,5 mil casos e têm maior nível em 10 anos no país

Homicídios atingem 62,5 mil casos e têm maior nível em 10 anos no país

Jovens de 16 a 29 anos representam mais da metade dos casos em 2016. SE, AL e RN são os Estados mais violentos, de acordo com o Atlas da Violência

assassinatos no brasil

Em média, 171 pessoas foram assassinadas por dia no País em 2016

Em média, 171 pessoas foram assassinadas por dia no País em 2016

Hélio Torchi/Sigmapress/Estadão Conteúdo – 17.04.2018

O índice de homicídios no Brasil em 2016 atingiu a marca de 30,3 para cada 100 mil habitantes, totalizando 62.517 vítimas naquele ano. Significa dizer que, em média, 171 pessoas foram assassinadas por dia, no ano de 2016, no Brasil.

Trata-se do maior patamar nos últimos dez anos, portanto, desde 2006, segundo o Atlas da Violência 2018, divulgado pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) e pelo FBSP (Fórum Brasileiro de Segurança Pública) nesta terça-feira (5).

Os dados são os mais atuais sobre a violência no Brasil e têm como base os números do SIM (Sistema de Informação sobre Mortalidade), do Ministério da Saúde, entre 2006 e 2016, e as informações de registros policiais publicadas no 11º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, do FBSP, divulgadas no ano passado.

Vítimas de homicídios no Brasil aumentou ao longo dos últimos 10 anos

Vítimas de homicídios no Brasil aumentou ao longo dos últimos 10 anos

Reprodução

O Estado com maior taxa de homicídios é Sergipe, com 64,7 casos para cada 100 mil habitantes — ou 1.465 vítimas no ano de 2016.

Em seguida, vem Alagoas, com 54,2 homicídios por 100 mil habitantes (1.820 mortes), e Rio Grande do Norte, com taxa de 53,4 a cada 100 mil (1.854 vítimas no total). Todos os Estados estão na região Nordeste.

São Paulo se manteve, pelo segundo ano seguido, com o menor índice do país, com a taxa de 10,9 homicídios por 100 mil habitantes. No entanto, em número total de vítimas, o Estado é o terceiro mais violento, com 4.870 pessoas assassinadas em 2016. Apenas Bahia (7.171 vítimas) e Rio de Janeiro (6.053 vítimas) têm mais homicídios.

Homicídios entre jovens

Taxa de homicídios no Brasil por 100 mil habitantes

Taxa de homicídios no Brasil por 100 mil habitantes

Reprodução

Considerando apenas jovens com idades entre 15 e 29 anos, a taxa de homicídios por 100 mil habitantes é o dobro da média nacional. Em âmbito nacional, a índice é de 65,5 homicídios de jovens por 100 mil habitantes, o que representa um total de 33.590 jovens assassinados — 94,6% dessas vítimas eram homens.

Sergipe também está no topo na violência contra a juventude, com uma taxa de 142,7 homicídios de jovens por um grupo de 100 mil.

O Estado é seguido por Rio Grande do Norte (taxa de 125,6) e Alagoas (122,4). O Estado do Pará, com 98 homicídios de jovens no grupo de 100 mil, sétimo mais violento contra juventude no país, é o primeiro fora da região Nordeste.

    Access log