Cidades Menina de 14 anos sofre estupro coletivo após aceitar convite para andar a cavalo em Goiás

Menina de 14 anos sofre estupro coletivo após aceitar convite para andar a cavalo em Goiás

Um homem foi preso e três adolescentes foram apreendidos por embriagar e violentar sexualmente a jovem na última sexta (14)

  • Cidades | Do R7, com informações da Record TV

Resumindo a Notícia
  • Uma adolescente de 14 anos foi convidada para passear a cavalo por colegas após a aula.

  • Ela foi embriagada e estuprada por um homem e três adolescentes.

  • A jovem foi encontrada suja, machucada e chorando muito; um exame comprovou o abuso.

  • O homem foi preso e os adolescentes foram apreendidos no sábado (15), em Goiás.

A menina foi estuprada após passear a cavalo

A menina foi estuprada após passear a cavalo

Reprodução

Um homem de 23 anos foi preso e três adolescentes de 12, 13 e 14 anos foram apreendidos por estupro coletivo de uma garota de 14 anos, após terem convidado a menina para passear a cavalo, na cidade de Silvânia, a cerca de 90 km de Goiânia, no centro de Goiás, no sábado (15).

O crime aconteceu na tarde da sexta-feira (14), depois de a menina sair da escola com o grupo de colegas. Imagens mostram os jovens cavalgando pela rua e a vítima montada na garupa de um dos adolescentes. 

Ela foi encontrada machucada

Ela foi encontrada machucada

Reprodução

No caminho, os agressores compraram bebida alcoólica e levaram a adolescente para uma área de mata, próximo ao Bairro Maria de Lourdes, onde praticaram a violência sexual.

Preocupada com o sumiço da filha, a mãe foi em busca dela e a encontrou na avenida Dom Bosco, suja de lama, com sinais de embriaguez, machucada, sangrando e chorando muito.

Ao ser encaminhada para o hospital, a adolescente relatou quem teriam sido os autores. Ela passou por exame de corpo de delito no IML (Instituto Médico-Legal) de Anápolis, que comprovou o abuso.

O homem de 23 anos confessou que cometeu o crime e confirmou que os três adolescentes também participaram. De acordo com a Record TV, o homem já passou pela audiência de custódia e vai permanecer preso.

Últimas