Cidades Modelo brasileira é enterrada hoje no Chile sem a presença da família

Modelo brasileira é enterrada hoje no Chile sem a presença da família

Imagens do dia do crime mostram a vítima feliz com amiga, o que contradiz a versão apresentada pelo namorado de suicídio

  • Cidades | Do R7, com informações da Record TV

Modelo brasileira será enterrada nesta quinta no Chile sem a presença da família

Modelo brasileira será enterrada nesta quinta no Chile sem a presença da família

Reprodução Record TV

A modelo brasileira Nayara Vit, de 33 anos, vai ser enterrada nesta quinta-feira (22) em Santiago, no Chile, sem a presença de familiares por causa das restrições impostas pela pandemia de covid-19. Ela morreu na quarta-feira (7) após cair do 12º andar de um prédio no bairro Las Condes. O principal suspeito é o namorado Rodrigo del Valle. As informações são da Record TV.

A família da modelo, que vive em Campo Grande (MS), não acredita na hipótese de suicídio e pede uma investigação rigorosa sobre a morte da modelo cuiabana, que deixa uma filha de quatro anos.

Na ocasião, o companheiro de Nayara, Rodrigo, um diretor de uma empresa local, disse que estava sentado no apartamento quando viu a namorada correndo e se jogando pela sacada.

Gabriel Vit, irmão da vítima, afirmou que novas imagens desmentem a versão do namorado. "Horas antes do ocorrido, ela estava com uma amiga e esses vídeos mostram que Nayara estava super feliz, saíram batendo papo, cantarolando", descreve.

No dia do crime, Rodrigo sequer saiu do apartamento para verificar o estado de saúde de Nayara. "Essa informação nós tivemos, inclusive com pessoas que estavam no prédio. Ele não desceu para ver se ela estava viva. Soube que tiveram diversas brigas entre eles. A mais severa foi em maio, quando ele a colocou para fora do apartamento com a nenê", revela.

Enterro

O velório estava previsto para o dia 15, mas teve de ser adiado para a realização de uma nova autópsia. A família lamenta não poder se despedir de Nayara, que morreu de forma abrupta. 

Ela vivia há 16 anos no Chile e era conhecida pelas participações no programa Toc Show, no ar desde 2013, do canal televisivo TV+.

O ex-marido e pai da filha de Nayara ajudou a família a contratar um escritório de advocacia para que investigadores acompanhem o trabalho da polícia.

Nas fotos da modelo nas redes sociais, fãs lamentaram a morte. Amigos não acreditam na hipótese de suicídio: "Essa história é absurda porque ela gostava de viver, vivia sorrindo, ouvindo música brasileira e dançando", disse uma amiga.

Um vídeo mostra o primeiro dia da aula de natação da filha de Nayara e a felicidade de ambas. 

Segundo o irmão Gabriel Vit, "todos os esforços serão feitos para provar o que aconteceu, ciente de que Nayara não se suicidou".

Últimas