Cidades Motorista de aplicativo é morta por estrangulamento em Maceió

Motorista de aplicativo é morta por estrangulamento em Maceió

Corpo da vítima foi encontrado em uma área deserta da cidade horas depois de ela desaparecer durante uma corrida

  • Cidades | Do R7, com informações do Cidade Alerta, da Record TV

O corpo de Amanda Pereira foi encontrado horas após ela desaparecer

O corpo de Amanda Pereira foi encontrado horas após ela desaparecer

Reprodução/ Record TV

Uma motorista de aplicativo foi morta por estrangulamento na segunda-feira (15) em Maceió (AL). O corpo de Amanda Pereira, de 27 anos, foi encontrado horas após ela desaparecer durante uma corrida.

Antes de o corpo ser encontrado, a família da vítima já desconfiava de que algo poderia ter acontecido, porque Amanda havia mandado sua localização em tempo real.

Assim, os familiares deram início às buscas. O carro da vítima foi o primeiro a ser encontrado, com os vidros quebrados, em uma área deserta da cidade. Horas depois, foi localizado o corpo, com sinais de estrangulamento.

“Eles poderiam ter levado tudo. O faturamento que ela fez no dia, poderiam ter levado o carro, poderiam ter levado tudo. Mas poderiam ter deixado ela viva. Por que não deixaram ela viva? Não havia a necessidade de matar”, questionou o pai de Amanda durante entrevista ao Cidade Alerta.

Uma multidão de familiares, amigos e motoristas de aplicativo compareceu ao cemitério onde ela foi enterrada.

A polícia investiga o caso e ainda não há suspeitos sobre quem teria estrangulado Amanda Pereira. 

Últimas