Cidades Polícia faz buscas em casa de autor do ataque em creche de Saudades

Polícia faz buscas em casa de autor do ataque em creche de Saudades

Segundo os bombeiros de SC, jovem foi contido por populares e, após se ferir, teria perguntado quantas pessoas foram atingidas

  • Cidades | Do R7, com informações da Agência Estado

Parte interna da creche Aquarela, em Saudades (SC)

Parte interna da creche Aquarela, em Saudades (SC)

Divulgação/Prefeitura de Saudades

Equipes policiais de pelo menos quatro municípios de Santa Catarina participam de investigação e buscas na casa do jovem de 18 anos apontado como autor do ataque em uma creche que matou três crianças e duas mulheres, na manhã desta terça-feira (4), em Saudades, na região oeste catarinense.

As informações foram dadas pelo delegado regional Ricardo Casagrande, que disse ainda que uma perícia estava sendo realizada no local e na casa do suspeito no início da tarde.

Ele foi levado em estado grave ao Hospital de Pinhalzinho e será transferido para Chapecó sob escolta policial.

De acordo com as investigações iniciais, o jovem invadiu a creche Pró-Infância Aquarela, no centro da cidade, armado com uma espada ninja.

Segundo o delegado Jerônimo Marçal Ferreira, o autor do crime, sem histórico criminal, foi até o local de bicicleta, por volta das 10h. Ao entrar na creche, ele começou a atacar a professora Keli Adriane Anieceviski, de 30 anos. Mesmo ferida, ela ainda conseguiu correr para uma sala onde estavam quatro crianças e uma funcionária da escola, na tentativa de alertar sobre o perigo.

O rapaz, então, teria atacado as crianças que estavam na sala e a agente educativa Mirla Renner. Duas meninas de menos de dois anos e a professora morreram no local. Outra criança e a agente educativa morreram no hospital.

O Corpo de Bombeiros confirmou que, ao chegar ao local, o jovem já havia sido contido por populares. Ele tinha um ferimento profundo no pescoço e perguntava sobre quantas vítimas teria conseguido atingir. Em um primeiro momento, foi dada a informação de que o agressor era um jovem adolescente.

O município de Saudades tem cerca de 10 mil habitantes, com índice de criminalidade quase zero.

Luto oficial

A governadora em exercício de Santa Catarina, Daniela Reinehr (sem partido), anunciou nesta terça-feira que decretará luto oficial de três dias no Estado após o ataque.

O governador afastado, Carlos Moisés (PSL), lamentou o ocorrido. "Todas as energias das forças de segurança da região devem ser empregadas no esclarecimento desse trágico episódio", afirmou em publicação no Twitter.

Últimas