Portal Correio Mulheres são público alvo de curso gratuito oferecido por projeto da USP

Mulheres são público alvo de curso gratuito oferecido por projeto da USP

Com o objetivo de estimular o ingresso de mulheres em carreiras relacionadas à computação, o projeto “Meninas Programadoras” abriu a rodada de inscrições para aulas no mês de outubro. A formação é realizada pelo Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC), da Universidade de São Paulo (USP), e tem como foco pessoas que se […]

Portal Correio
Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio

Com o objetivo de estimular o ingresso de mulheres em carreiras relacionadas à computação, o projeto “Meninas Programadoras” abriu a rodada de inscrições para aulas no mês de outubro. A formação é realizada pelo Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC), da Universidade de São Paulo (USP), e tem como foco pessoas que se identificam com o gênero feminino ou não-binário, que sejam estudantes ou concluintes do ensino médio e que não cursam o curso superior.

O curso é ofertado 100% à distância, com três horas de aula por semana, sempre aos sábados das 14h às 17h, via Google Meet. São ofertadas 120 vagas divididas em três turmas no Meninas Programadoras. As inscrições para a primeira foram fechadas ontem, dia 30, e as aulas vão do dia 02 a 23/10. Para a segunda turma, as inscrições começam no dia 11 e vão até 24 de outubro. Já para a terceira, as inscrições serão de 1º a 20 de outubro.

Para participar, as interessadas devem realizar a inscrição no período determinado para cada turma, acessando o site do projeto: https://sites.google.com/icmc.usp.br/meninasprogramadoras. Será dada prioridade a alunas de escolas públicas ou do sistema S.

Sobre as aulas

É exigido que as alunas devem ter acesso a um computador com Internet para frequentarem as aulas ao vivo e realizarem tarefas diárias. A certificação será dada a quem tiver frequência e participação em, no mínimo, 75% das atividades propostas. De acordo com o cronograma do curso, os conteúdos serão divididos da seguinte forma:

Aula 1

1ª Parte: introdução à dinâmica do curso, apresentação dos monitores e alunos, dinâmica da prática de trabalho remoto.

2ª Parte: introdução ao conceito de programação com plataforma de programação em blocos: sequência e condicionais; prática com conteúdo de álgebra e lógica, interação com o usuário.

3ª Parte: introdução à programação usando a linguagem Python trabalhando os conceitos e práticas utilizados na programação em blocos.

Aula 2

Python: repetição, condicionais, práticas com exercícios de álgebra e lógica baseadas em problemas da Olimpíada Brasileira de Informática Modalidade Programação Nível Júnior (OBI júnior).

Aula 3

Python: listas, funções e práticas baseadas em problemas da OBI júnior.

Aula 4

Três sessões práticas de resolução de exercícios.

Últimas