Portal Correio Paraíba registra 41,5 mil casos de arboviroses de janeiro a julho

Paraíba registra 41,5 mil casos de arboviroses de janeiro a julho

De janeiro a julho deste ano, a Paraíba registrou 41.598 casos prováveis de arboviroses (chikungunya, dengue e zika), segundo o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (SES), divulgado nesta segunda-feira (1º). Em comparação ao boletim anterior, houve aumento de 8.940 casos – somente da dengue foram mais de 5 mil. Mais de 1 […]

Óbitos por arboviroses, Arboviroses, Aedes

Óbitos por arboviroses, Arboviroses, Aedes

Portal Correio
(Foto: Imagem ilustrativa | Venilton Kuchler/ANPr)

De janeiro a julho deste ano, a Paraíba registrou 41.598 casos prováveis de arboviroses (chikungunya, dengue e zika), segundo o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (SES), divulgado nesta segunda-feira (1º). Em comparação ao boletim anterior, houve aumento de 8.940 casos – somente da dengue foram mais de 5 mil.

Mais de 1 milhão de paraibanos estão com dose de reforço contra a Covid-19 em atraso

Do total de 41.598 casos prováveis, 24.674 são de dengue; 15.871 referentes à chikungunya e, para a doença aguda pelo vírus zika, foram notificados 1.053 casos prováveis. Além da dengue, os casos prováveis de chikungunya também apresentaram aumento de 3.580 casos. Os casos prováveis de zika tiveram um acréscimo mais discreto, com mais 346 casos.

Quanto aos óbitos, foram confirmados 12, sendo oito para chikungunya nos municípios de Araçagi, Campina Grande, João Pessoa, Pombal, Queimadas, Santa Luzia, Serra da Raiz e Vista Serrana e quatro por dengue, nos municípios de Patos, Santa Rita, Santa Luzia e Serra Branca.  

De acordo com Carla Jaciara, da área técnica em arboviroses da SES, 149 municípios têm casos suspeitos/confirmados de arboviroses. 

Últimas