Cidades Professor é preso por estuprar e obrigar alunos a manter relações sexuais entre si, em Goiás

Professor é preso por estuprar e obrigar alunos a manter relações sexuais entre si, em Goiás

Homem praticava crimes sexuais havia anos. Uma vítima, de 15 anos, decidiu denunciá-lo e disse que sofria abuso desde os 10

  • Cidades | Do R7*

Resumindo a Notícia
  • Um professor obrigava alunos a ir até sua casa, onde ocorriam abusos sexuais.

  • Um dos adolescentes abusados, que hoje tem 15 anos, disse que era violentado desde o 10.

  • Após a denúncia, a polícia encaminhou ao fórum um pedido de prisão, que foi aceito.

  • O homem tentou se esconder na casa da irmã, mas foi encontrado.

Professor foi preso por abuso sexual

Professor foi preso por abuso sexual

Reprodução/Polícia Civil

A polícia prendeu, na quarta-feira (29), um professor por suspeita de estuprar e obrigar os alunos a manter relações sexuais entre si. O crime ocorria após as aulas, dentro da casa do docente, na cidade de Nova Iguaçu de Goiás.

A polícia ainda apurou que o homem também era professor de futebol de alguma das vítimas e pedia a elas que buscassem em sua casa a bola para o jogo. Nesse momento, ele iniciava uma conversa com as crianças para o início do abuso.

Um dos adolescentes, hoje com 15 anos, disse aos policiais que os abusos ocorriam desde que ele tinha 10 e resolveu denunciar os crimes, por não mais suportar a situação. "O indivíduo os obrigava a manter relação sexual entre si e também com ele, com prática de sexo anal e oral", revelou a corporação em nota.

Após a denúncia, a delegacia encaminhou ao fórum um pedido de prisão do suspeito. Assim que foi aceito, os agentes iniciaram uma investigação para encontrar o homem, que se escondeu na casa de uma das irmãs, em Uruaçu.

Quando os agentes chegaram, o suspeito estava escondido dentro do banheiro da residência, onde foi preso.

*Com a colaboração de Matheus Almeida, da Record TV

Últimas