Cidades Rio Grande do Norte registra 8º dia de ataques no estado; já são mais de 50 cidades afetadas

Rio Grande do Norte registra 8º dia de ataques no estado; já são mais de 50 cidades afetadas

Os atentados estão mudando a rotina dos moradores do estado. Alunos estão sem aulas, e a frota de ônibus foi reduzida

  • Cidades | Do R7, com informações da Record TV

Resumindo a Notícia
  • Rio Grande do Norte vive onda de terror, com incêndios e violência.

  • A polícia acredita que os atentados estão sendo comandados por uma facção criminosa.

  • Desde a semana passada, mais de 50 cidades foram alvo de ataques no estado.

  • Os municípios de Georgino Avelino e Mossoró foram os últimos afetados.

Os ataques no Rio Grande do Norte começaram na terça-feira passada (14)

Os ataques no Rio Grande do Norte começaram na terça-feira passada (14)

JOSÉ ALDENIR/THENEWS2/ESTADÃO CONTEÚDO

O Rio Grande do Norte registrou novos ataques na noite desta segunda-feira (20). Os novos alvos foram as cidades de Georgino Avelino e Mossoró.

De acordo com informações obtidas pela Record TV, já passa de 50 o número de municípios afetados pelos atentados comandados por uma facção criminosa no estado.

Os ataques começaram na terça-feira passada (14) e vêm afetando a rotina dos moradores do Rio Grande do Norte. Ao menos 57 mil alunos estão sem aulas em Natal desde que as ações criminosas começaram.

Além disso, apenas metade da frota dos ônibus está circulando na capital potiguar. Para amenizar o impacto, foram acrescentadas 13 linhas de ônibus e os trens voltaram a circular.

Durante a noite desta segunda-feira (20), a garagem da prefeitura da cidade de Georgino Avelino foi alvo dos ataques. Em Mossoró, um carro da companhia de águas foi incendiado.

Incêndios, mortes e ataques: imagens mostram terror no RN

Últimas