Click Gratis Saiba como preparar a aposentadoria se você for autônomo

Saiba como preparar a aposentadoria se você for autônomo

Quando as pessoas trabalham com sua carteira assinada por uma determinada empresa, elas acabam sendo protegidas por uma série de leis trabalhistas que oferecem alguns benefícios que possuem como principal objetivo levar um pouco mais de segurança e de qualidade de vida para estas pessoas. E um destes benefícios é o da aposentadoria, que pode ser conquistada a partir de um determinado período de tempo com contribuições para instituições como o INSS ou outras, no caso de servidores públicos. 

Mas a realidade do trabalho mudou muito nos últimos anos. Se há algumas décadas atrás a única forma da pessoa garantir o seu sustento era realmente estar empregado ou ser um grande empreendedor, nos dias de hoje foram criadas diferentes categorias que acabaram fazendo com que milhões de pessoas passassem a trabalhar de uma forma mais independente, seja como autonomia, freelancer e outras categorias. 

Estes profissionais precisam pensar na sua aposentadoria de uma forma também autônoma. Se a lei acaba obrigando as empresas a separar uma determinada quantidade de dinheiro todos os meses dos vencimentos dos empregados para que seja custeado o INSS e sua contribuição que vai lhe garantir a sua aposentadoria. 

Veja também:

Aposentadoria planejada: Três caminhos para se aposentar com segurança. As 6 piores dicas de economia que alguém pode receber na vida Planeje sua aposentadoria sem depender do INSS com essas 3 alternativas

Quando as pessoas trabalham de uma forma autônoma, elas acabam não tendo essas garantias de forma automática. Mas existem diversas ferramentas que podem acabar sendo acessadas e que permitem com que até mesmo as pessoas que trabalham de forma independentes para que elas também possam se aposentar em um determinado tempo. 

Saiba como preparar a aposentadoria se você for autônomo

Saiba como preparar a aposentadoria se você for autônomo

Click Grátis - Notícias

Para seguir este caminho, é muito importante seguir um caminho, composto pelos seguintes passos:

Tome decisões sobre sua aposentadoria

Antes de mais nada, é muito importante que as pessoas criem um planejamento para sua aposentadoria. Para isso, é importante que sejam respondidas algumas perguntas. A primeira delas é quando a pessoa pretende se aposentar. Depois disso, é preciso chegar em uma conta para entender de quanto ela vai precisar para viver por mês. Também varia de acordo com a quantidade de pessoas que vão depender desta aposentadoria. 

Escolha a melhor forma de investir o dinheiro

A partir das perguntas respondidas anteriormente, é fundamental que as pessoas saibam que elas terão que separar uma determinada quantidade de dinheiro todos os meses. E este dinheiro precisa render, para que ele não tenha o seu poder de compra consumido com o passar dos anos. 

Dentre as opções que existem, a previdência privada é uma das mais interessantes, pois as pessoas conseguem planejar da melhor forma possível de acordo com o tempo de aplicações e também de acordo com o tempo que as pessoas vão receber o benefício. 

Mas também existem algumas outras opções de investimento, que acabam tornando a vida das pessoas mais simples e que disponibiliza o dinheiro em qualquer tempo, como é o caso das opções de renda fixa. 

Avalie a contribuição para o INSS

Além dos investimentos que podem ser feitos de forma privada, as pessoas também podem acabar se inscrevendo no INSS mesmo atuando como autônomas. Neste caso, elas podem fazer a sua inscrição no Programa de Integração Social (PIS) como “contribuinte individual”. A  partir daí, é possível escolher o tipo de contribuição, e fazer o pagamento todos os meses via “carnê do INSS”. 

Para o INSS, existem duas  opções de contribuição que podem ser feitas:

1% sobre o salário mínimo (R$109,78): dá direito à aposentadoria por idade; 20% sobre o que recebe (entre R$199,60, para quem contribui pelo salário mínimo, e R$1.167,89, para quem contribui pelo teto): dá direito à aposentadoria por tempo de contribuição.

Coloque no papel um plano de ação

De nada adianta entender e ter em mãos todas as opções relacionadas aos investimentos para aposentadoria se a pessoa não tiver um plano de ação muito bem definido para os próximos anos. Por isso, é de fundamental importância colocar no papel qual a sua renda mensal atualmente, quais são os seus gastos e veja se é possível guardar o necessário para se aposentar com o valor mensal desejado. 

Em determinados momentos, pode ser que a conta não feche. Mas isso não deve ser levado em consideração para que o plano seja interrompido. O ideal é ir fazendo adaptações para que o plano seja mantido. 

Últimas