Notícias Conheça 4 pontos importantes sobre o novo Ensino Médio

Conheça 4 pontos importantes sobre o novo Ensino Médio

Veja os destaques da Base Nacional Comum Curricular e conheça os benefícios para a formação integral do aluno

Você sabia que existe um documento que define as aprendizagens essenciais que os alunos devem desenvolver ao longo da Educação Básica? A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) visa à formação integral do cidadão para uma sociedade justa, democrática e inclusiva. Na prática, é uma referência nacional para a formulação dos currículos dos sistemas e redes escolares. O documento referente às etapas da Educação Infantil e do Ensino Fundamental já foi homologado pelo ministro da Educação no final de 2017, e agora o documento voltado ao Ensino Médio foi entregue pelo MEC ao Conselho Nacional de Educação para aprovação, e depois será homologado pelo Ministério da Educação. Que tal conhecer agora alguns pontos importantes?

1) Divisão por áreas e foco nas competências e habilidades
Além da obrigatoriedade de Língua Portuguesa e Matemática nos três anos, o novo Ensino Médio terá um núcleo comum, previsto pela BNCC, formado pelas áreas: 1) Linguagens e suas Tecnologias; 2) Matemática e suas Tecnologias; 3) Ciências da Natureza e suas Tecnologias; 4) Ciências Humanas e Sociais Aplicadas; além dos itinerários formativos, onde os alunos poderão aprofundar os estudos em cada uma das áreas ou, ainda, ter uma formação técnico-profissional.
Um dos destaques é a possibilidade de abrir oportunidade para o jovem fazer suas escolhas no Ensino Médio e buscar conhecimento nas áreas que estão mais alinhadas ao seu projeto de vida e investir na sua formação técnica e profissional.

2) Conteúdos obrigatórios e optativos
Os conteúdos da BNCC deverão ocupar 60% da carga horária. Os outros 40% serão optativos e devem variar conforme a oferta da escola e o interesse do aluno.

3) Aumento da carga horária
Um dos objetivos é incentivar o aumento da carga horária nas escolas e no Ensino Médio, que será ampliada progressivamente até chegar a 1.000 horas anuais.

4) Certificado profissionalizante
No novo Ensino Médio, o aluno terá a possiblidade de optar por uma formação técnica dentro da carga horária regular, por meio dos itinerários formativos, tendo o Português e a Matemática obrigatórios em todos os anos até o final do curso. Ao concluir, receberá, além do diploma do Ensino Médio, também um certificado do ensino técnico.