Projeto reduz número de pessoas infectadas por aedes aegypti

Um projeto da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), com mosquitos modificados, está reduzindo o número de pessoas infectadas pelo aedes aegypti, responsável por transmitir doença da dengue, zika e chikungunya. A intenção é estender o projeto para Belo Horizonte, Petrolina, Fortaleza, Manaus, Campo Grande e Foz do Iguaçu