Economia Acionista da OGX perdeu R$ 400 mil e pensa em vender apartamento da família 

Acionista da OGX perdeu R$ 400 mil e pensa em vender apartamento da família 

Programador investiu com as ações a R$ 11 e dinheiro virou pó com queda para R$ 0,11

Acionista da OGX perdeu R$ 400 mil e pensa em vender apartamento da família 

A queda do valor das ações de Eike Batista afeta diretamente os investidores minoritários, pessoas comuns que investem suas economias no mercado financeiro. Muitos compraram ações da petroleira OGX, de Eike, acreditando nas informações positivas de novos e lucrativos poços de petróleo passadas pela empresa.

Esse foi o caso do programador de 36 anos que não quer se identificar. Ele chegou a investir R$ 400 mil em ações da companhia em 2011. De acordo com ele, cada papel estava cotado na época a R$ 11.

— A perda foi total. Só vou recuperar isso via judicial.

Atualmente, o investidor pensa em vender o apartamento da família no bairro de Vila Isabel, no Rio de Janeiro, para recuperar o patrimônio.

— A gente vai precisar, em algum momento, vender o apartamento para repor o padrão de vida. Estamos apertados. 

Ele é um dos acionistas minoritários que deve entrar com uma ação na Justiça Federal do Rio de Janeiro esta semana contra o empresário. Eles afirmam que se sentiram lesados com informações da companhia sobre a produção do petróleo que induziram ao erro.  

Leia mais notícias de Economia

Outro investidor entre os minoritários que viu seus investimentos perderem valor foi o engenheiro Henrique Nunes, 52 anos. Ele investe no mercado financeiro há mais de 30 anos e desde meados de 2011 possui ações da OGX.

— Quando comprei as primeiras, cada ação valia entre R$ 10 e R$ 13. As informações divulgadas pela empresa eram sempre promissoras. E de expectativas passaram a realidade. Afirmações da qualidade do petróleo e da quantidade que seria extraída dos poços. Os dados divulgados eram taxativos. Não deixavam dúvidas.

Nunes critica a fiscalização da CVM (Comissão de Valores Mobiliários) e da bolsa de valores de São Paulo.

— Como uma empresa pode divulgar que tem como extrair milhões de barris de petróleo e, um mês depois, diz que não tem nada e ninguém toma providências? A CVM vai ser acionada na semana que vem pela omissão nesse caso.

O engenheiro conta que apenas 20% da sua carteira de investimentos vinha da OGX e que vendeu metade das açõs que tinha da petroleira para não ter um prejuízo maior.

— Ainda estou em processo de apuração para saber quanto perdi com a empresa de Eike Batista. De qualquer forma, decidi que vou zerar minhas ações, porque não acredito mais no mercado financeiro do Brasil. Não tem seriedade. Vou investir na renda fixa.