Economia Banco chinês é 1º com capital 100% estrangeiro a operar no Brasil

Banco chinês é 1º com capital 100% estrangeiro a operar no Brasil

Expectativa do XCMG é movimentar entre R$ 400 milhões e R$ 500 milhões em operações de crédito no primeiro ano de atuação

Agência Estado
Licença de operação foi concedida ao XCMG pelo BC

Licença de operação foi concedida ao XCMG pelo BC

Pxhere

O banco chinês XCMG, que pertence à XCMG (Xuzhou Construction Machinery Group), iniciou hoje operações no Brasil. Com capital inicial de R$ 100 milhões, trata-se da primeira instituição financeira com capital 100% estrangeiro a obter autorização de funcionamento e operação junto ao BC Banco Central).

A expectativa do banco é movimentar entre R$ 400 milhões e R$ 500 milhões em operações de crédito no primeiro ano, com meta é atingir equilíbrio (break even point) em três anos.

A licença de operação foi concedida em 15 de junho pelo BC. A autorização de abertura foi conferida em outubro de 2019, após o cumprimento de todos os requisitos para a regulamentação de instituições financeiras no Brasil e participação de recursos estrangeiros no capital nacional. Com sede em Pouso Alegre, no Sul de Minas, o banco contará também com escritório em São Paulo.

Em nota a instituição informa que tem como objetivo inicial apoiar os negócios do próprio grupo no Brasil e também ampliar o leque de serviços para empresas chinesas do ramo industrial em operação na América Latina.

Segundo o banco, em um primeiro momento o banco irá ofertar produtos financeiros diversos, como financiamento de máquinas, leasing e investimentos, aos clientes do grupo, revendedores e a indústria de modo geral.

Em um segundo momento, outros serviços serão oferecidos, como modalidades de crédito e de capital de giro, incluindo linhas de crédito do Finame (Financiamento de Máquinas e Equipamentos) do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

Últimas