Economia Black Friday impulsiona conteúdos online sobre tecnologia

Black Friday impulsiona conteúdos online sobre tecnologia

Crescimento de 11% em publicações na semana pré-Black Friday melhorou  lcance de anúncios entregues contextualmente em 2019

Volume de publicações cresceu 11% na semana pré-Black Friday

Volume de publicações cresceu 11% na semana pré-Black Friday

Pixabay

A quantidade de conteúdos sobre tecnologia deve crescer na internet esta semana, o que pode beneficiar o desempenho de campanhas contextuais do segmento para a Black Friday. É o que revela a seedtag, empresa espanhola de publicidade digital.

De acordo com a companhia, no ano passado, o volume geral de conteúdo diário sobre o tema cresceu 11% na semana da sazonalidade e 31% durante os sete dias que vieram após a Cyber Monday. O aumento beneficiou o alcance de anúncios entregues por segmentação contextual, melhorando a intenção de compra de laptops, componentes eletrônicos, cartões de memória e produtos semelhantes em cerca de 37%.

Segundo Daniel Freixo, Country Manager da seedtag, é possível que um cenário similar ocorra em 2020 por diferentes motivos. “O setor de tecnologia tem contado com lançamentos importantes nos últimos meses, com produtos entre os itens mais cobiçados desta Black Friday. Além disso, o 'novo normal' tem acentuado a forte relação que a data possui com o e-commerce. Tudo isso aumenta a importância da publicidade digital para a data. A segmentação contextual deve surgir como um diferencial valioso no mercado. Muitas marcas têm procurado por inovações capazes de gerar bons resultados sem deixar de atender às exigências de novas regulamentações, como a  Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), por exemplo”, explica.   

Outro aspecto relevante observado pela seedtag na semana da Black Friday do ano passado foi um pico de 5% no volume geral de conteúdo diário na categoria de entretenimento. Um dos motivos foi o fato de que muitos artigos a respeito de itens eletrônicos, como PCs e Smart TVs, estiveram relacionados com games e plataformas de streaming, por exemplo.

“Com base nos números de recuperação de conteúdo que registramos após a pandemia, acreditamos que esse processo deve acontecer também em 2020. Isso indica que, apesar das inúmeras dificuldades que os publishers têm enfrentado este ano, muitos deles continuarão procurando diversificar os seus conteúdos na web para alcançar visibilidade também durante esta Black Friday”, avalia Freixo.

Metodologia

As análises realizadas pela seedtag para a Black Friday são baseadas em dados obtidos por meio da tecnologia proprietária da empresa, Cognitive Content Analysis (CCA), que entende e categoriza o conteúdo disponível em 160 publishers premium da internet no país. 

Últimas