Economia Bloqueios de caminhoneiros preocupam transportadoras

Bloqueios de caminhoneiros preocupam transportadoras

Caminhoneiros bloqueavam pontos de rodovias em oito estados, de acordo com comunicado do Ministério da Infraestrutura

  • Economia | Do R7

Caminhoneiros fazem paralisação em estradas que dão acesso ao Mato Grosso

Caminhoneiros fazem paralisação em estradas que dão acesso ao Mato Grosso

CHICO FERREIRA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO-08/09/2021

Os bloqueios nas rodovias provocados por manifestações de caminhoneiros preocupam as empresas de transporte, que temem transtornos e consequências para o abastecimento de estabelecimentos de produção e comércio.

Os protestos ocorrem após as manifestações nacionais de 7 de Setembro. No fim da tarde desta quarta-feira (8), caminhoneiros ainda bloqueavam pontos de rodovias em oito estados, de acordo com um comunicado do Ministério da Infraestrutura com base em relatórios da PRF (Polícia Rodoviária Federal).

A NTC&Logística (Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística) manifestou repúdio às paralisações organizadas por caminhoneiros autônomos com bloqueio do tráfego em diversas rodovias do país, por influência de supostos líderes da categoria. "Trata-se de movimento de natureza política e dissociado até mesmo das bandeiras e reivindicações da própria categoria, tanto que não tem o apoio da Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos", afirma a associação em nota.

Os protestos não afetam, até o momento, o escoamento de produtos agrícolas como grãos, segundo a Anec (Associação Nacional dos Exportadores de Cereais). O IBP (Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás) afirmou que está acompanhando os bloqueios e não houve até agora um problema maior, capaz de que impactar o abastecimento de combustíveis.

"Esperamos que as autoridades do Governo Federal e dos Governos Estaduais adotem as providências indispensáveis para assegurar às empresas de transporte rodoviário de cargas o pleno exercício do seu direito de ir e vir e de livre circulação nas rodovias em todo o território nacional, como pressuposto indeclinável para o cumprimento da atividade essencial de transporte", afirmou a NTC&Logística

Últimas