Economia Câmara já tem maioria para manter desoneração da folha até 2021

Câmara já tem maioria para manter desoneração da folha até 2021

Pesquisa da Arko Advice mostra que 377 deputados querem derrubar veto de Bolsonaro; no Senado, há 39 dos 41 parlamentares necessários

  • Economia | Daniela Matos, da Record TV

No Senado, faltariam apenas dois votos

No Senado, faltariam apenas dois votos

Luis Macedo/Câmara dos Deputados - 02.06.2020

Um levantamento da consultoria política Arko Advice indica que já existe uma maioria formada por pelo menos 377 deputados e 39 senadores favoráveis à derrubada do veto de Jair Bolsonaro à desoneração da folha de salários até o fim de 2021.

Para cair o veto, são necessários 257 deputados e 41 senadores.

Desoneração da folha pode salvar 1 milhão de empregos, diz indústria

Em abril, a Medida Provisória 936, que cria o Programa de Suporte à Manutenção de Empregos foi editada pelo Congresso Nacional. Foi apresentado pela Câmara dos Deputados, e aprovado pelo Senado, um artigo que previa a prorrogação da desoneração da folha de pagamento para setores que mais empregam.

A desoneração da folha de pagamento está em vigor até o final deste ano, o texto vetado extendia o benefício até o fim de 2021. Os parlamentares entenderam que, com a pandemia, não seria o momento de tirar os incentivos em 2020, com as empresas fragilizadas.

A medida abrange 17 setores geradores de emprego, como os de calçados, tecnologia da informação, call center, comunicação, têxtil, construção civil e transportes rodoviários e metroferroviário.

Caso o veto seja rejeitado, as partes correspondentes do projeto apreciado são encaminhadas à promulgação em até 48 horas

Últimas