Economia Cesta básica paulistana cai 0,32% em setembro e vai a R$ 1.249,26

Cesta básica paulistana cai 0,32% em setembro e vai a R$ 1.249,26

Levantamento foi feito pelo Procon-SP com o Dieese; o maior recuo em relação o mês anterior foi do grupo Alimentação, de -0,73%

  • Economia | Do R7

Leite e derivados estão entre os produtos que tiveram maior queda nos preços em SP

Leite e derivados estão entre os produtos que tiveram maior queda nos preços em SP

Freepik

O preço médio da cesta básica na cidade de São Paulo ficou em R$ 1.249,26 em setembro, uma leve queda, de 0,32% em relação ao mês anterior, conforme mostra o levantamento mensal feito pelo Núcleo de Inteligência e Pesquisas do Procon-SP (Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor), em convênio com o Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos). Em agosto, o paulistano precisava desembolsar R$ 1.253,29 para comprar os mesmos produtos, uma diferença de R$ 4,03.  

A maior queda foi observada no grupo Alimentação, que apresentou redução de 0,73% nos preços. Os grupos de Limpeza e Higiene Pessoal tiveram alta, de 2,25% e 2,34% respectivamente; já o Alimentação apresentou queda de -0,73%.

Na comparação com setembro de 2021, a variação foi positiva, de 14,11%. O valor da cesta básica era de R$ 1.094,80 e passou para R$ 1.249,96. No ano fechado, o índice medido em dezembro de 2021 apresentou variação de 14,82%.

No mesmo período, os três produtos que apresentaram as maiores altas foram: cebola Kg (165,09%); café em pó 500g (54,37%); e biscoito maisena pacote 200g (42,75%).

Na variação mensal, dos 39 produtos pesquisados, 29 apresentaram alta e dez diminuíram de preço. Os produtos que mais subiram foram:

Cebola (kg): 13,20%

Extrato de tomate (340/350g): 11,34%

Sabão em barra (unidade): 8,90%

Batata (kg): 8,63%

Absorvente aderente (com dez unidades): 6,75%

E as maiores quedas foram:

Leite UHT (litro): -14,33%

Queijo muçarela fatiado (kg): -5,95%

Óleo de soja (900 ml): -4,04%

Alho (kg): -3,71%

Feijão carioquinha (kg): -2,96%

Últimas