Economia Confiança do consumidor cai em outubro após 4 meses, diz FGV

Confiança do consumidor cai em outubro após 4 meses, diz FGV

O ICC (Índice de Confiança do Consumidor) recuou 0,4 ponto e chegou a 88,96 pontos no mês 

Reuters - Economia
A rua 25 de Março, no centro de São Paulo, é o maior comércio de rua da América Latina e deve ver o consumo crescer com a chegada da Copa do Mundo

A rua 25 de Março, no centro de São Paulo, é o maior comércio de rua da América Latina e deve ver o consumo crescer com a chegada da Copa do Mundo

Edu Garcia/R7 - 10.08.2022

A confiança dos consumidores brasileiros interrompeu sequência de quatro altas e recuou em outubro, uma vez que a expectativa para os próximos meses piorou, de acordo com dados da Fundação Getulio Vargas divulgados nesta terça-feira (25).

O ICC (Índice de Confiança do Consumidor) da FGV teve no mês recuo de 0,4 ponto, e chegou a 88,6 pontos.

Segundo a coordenadora das sondagens, Viviane Seda Bittencourt, o resultado aponta uma mudança de comportamento, com melhora das avaliações sobre o momento atual influenciada pelos consumidores de menor poder aquisitivo e uma revisão das expectativas para os próximos meses dos consumidores com maior poder aquisitivo.

O ISA (Índice de Situação Atual) subiu 1,2 ponto e foi a 74,5 pontos, maior nível desde março de 2020, mas o Índice de Expectativas caiu 1,5 ponto, e foi para 98,7 pontos.

"É possível que esse resultado esteja sendo influenciado pelo efeito das transferências de renda, redução da inflação pelo terceiro mês consecutivo e crescimento dos postos de trabalho", explicou Bittencourt.

"Apesar do resultado mais favorável para as classes de renda mais baixa, o endividamento das famílias e as taxas de juros mais elevadas limitam uma recuperação mais robusta”, completou.

Últimas