Economia Contração da indústria da zona do euro se aprofunda em outubro

Contração da indústria da zona do euro se aprofunda em outubro

Principal fator do fenômeno é a queda da demanda no solo europeu

Reuters - Economia
euros, moedas, união europeia

euros, moedas, união europeia

REUTERS/Dado Ruvic


LONDRES (Reuters) - O declínio na atividade indústria da zona do euro foi mais acentuado do que inicialmente estimado no mês passado, indicando que o setor está em recessão, conforme a crise do custo de vida afeta a demanda, mostrou pesquisa nesta quarta-feira (2).

O Índice de Gerentes de Compras (PMI) final de indústria da S&P Global caiu para uma mínima de 29 meses de 46,4 em outubro, contra 48,4 de setembro, abaixo da preliminar de 46,6 e ainda mais aquém da marca de 50 que separa crescimento da contração.

O subíndice que mede a produção caiu de 46,3 para 43,8, marcando o quinto mês de leituras abaixo de 50.

"O setor produtor de bens da zona do euro entrou em um declínio mais profundo no início do quarto trimestre. As pesquisas do PMI estão agora sinalizando claramente que a economia manufatureira está em recessão", disse Joe Hayes, economista sênior da S&P Global Market Intelligence.

(Reportagem de Jonathan Cable)

Últimas