Economia Cresce a proporção de idosos, diminui a de jovens e mais pessoas se declaram negras 

Cresce a proporção de idosos, diminui a de jovens e mais pessoas se declaram negras 

Enquanto a população do país aumentou 7,6% entre 2012 e 2021, a população declarada de cor preta cresceu 32,4% 

  • Economia | Do R7

A parcela de pessoas com 60 anos ou mais representava 14,7% da população

A parcela de pessoas com 60 anos ou mais representava 14,7% da população

Paulo H. Carvalho/ Agência Brasília

A população de brasileiros acima de 30 anos de idade aumentou em 2021 e atingiu 56,1% do total. Ao mesmo tempo, a proporção de pessoas abaixo de 30 anos vem se reduzindo desde 2012 e chegou a 43,9% em 2021.

Os dados são da Pnad Contínua Anual (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua) — Características dos Moradores 2020-2021, divulgados nesta sexta-feira (22) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

 A distribuição da população residente no país por grupos etários mostra uma tendência de queda da proporção de pessoas abaixo de 30 anos. Em 2012, essa estimativa era de 49,9%, passando para 44,5% em 2020 e 43,9% em 2021.

Arte/R7

Entre 2012 e 2021, a queda da participação das pessoas de 10 a 13 anos foi de 6,7% para 5,5%, e a de 14 a 17 anos, de 7,1% para 5,8%. Conforme delineado nas projeções da população do IBGE, os grupos que compreendiam as pessoas de 18 a 19 anos, 20 a 24 anos e 25 a 29 anos de idade correspondiam, respectivamente, a 2,9%, 8% e 8% da população residente em 2021.

Estima-se que, entre 2012 e 2021, o grupo com menos de 30 anos tenha apresentado não apenas uma redução de sua participação na população total, mas também uma variação negativa em termos absolutos, com queda de 5,4% do total de pessoas nessa faixa etária. As maiores taxas de redução no contingente populacional foram estimadas para os grupos de pessoas de 10 a 13 anos e de 14 a 17 anos. Ambos registraram diminuição de 12,7% no período.

Por outro lado, a população de 30 anos ou mais registrou crescimento no período, atingindo 55,5% da população total em 2020 e 56,1% em 2021 – estimativas maiores que a de 2012 (50,1%).

Em 2021, os grupos de 30 a 39 anos, 40 a 49 anos e 50 a 59 anos correspondiam a 16,1%, 14% e 11,4% da população residente, respectivamente. A parcela de pessoas com 60 anos ou mais  representava 14,7% da população em 2021, ante a estimativa de 11,3% em 2012. O contingente de pessoas nessa faixa etária cresceu 39,8% no período. Entre os idosos, destaca-se a expansão da participação daqueles de 65 anos ou mais, que atingiu 10,2% da população total em 2021.

Mais pessoas se autodeclaram pretas

Enquanto a população residente no país cresceu 7,6% entre 2012 e 2021, nesse mesmo período a população declarada de cor preta cresceu 32,4% e a parda 10,8%, ao passo que a população que se declarava de cor branca não apresentou variação relevante.

Entre 2012 e 2021, a população que se autodeclara de cor branca apresentou redução na participação da população total (43% em 2021, enquanto representava 46,3% em 2012). As pessoas que se declararam de cor preta (9,1%) e parda (47%), por sua vez, tiveram maior participação na população do que no início do período analisado (em 2012, essas estimativas eram, respectivamente, de 7,4% para pretos e 45,6% para os que se autodeclararam pardos). Em 2020, 42,8% da população se declarou branca, 8,8% preta e 47,5% parda.

Marcantes diferenças regionais foram verificadas no que diz respeito à composição da população por cor ou raça. A região Nordeste tinha a maior proporção de pessoas declaradas da cor preta, 11,4%, seguida pelas regiões Sudeste (9,6%) e Centro-Oeste (8,7%).

A população de cor parda apresentava os maiores percentuais nas regiões Norte (73,4%), Nordeste (63,1%) e Centro-Oeste (55,8%). A região Sul tinha o predomínio de população de cor branca (75,1%), seguida da Sudeste (50,7%), enquanto a Norte (17,7%) apresentava a menor estimativa dessa população.

A participação da população declarada de cor branca se reduziu em todas as regiões entre 2012 e 2021. Na região Nordeste houve a principal expansão da participação das pessoas declaradas pretas (2,7 pontos percentuais) e na região Sul das pessoas declaradas de cor parda (3,2 pontos percentuais). 

Últimas