Economia Curta o fim das férias com os filhos de graça ou gastando pouco

Curta o fim das férias com os filhos de graça ou gastando pouco

Ainda dá tempo de aproveitar a programação especial, com atividades para todas as idades e bolsos, antes da volta às aulas

  • Economia | Mariana Botta, do R7

O "Mergulho das Sereias" é uma das atrações das férias no Aquário de São Paulo

O "Mergulho das Sereias" é uma das atrações das férias no Aquário de São Paulo

Divulgação/Aquário de São Paulo

Com o mês de julho passando da metade, crianças e adolescentes já precisam entrar no clima de despedida das férias escolares, mas ainda podem aproveitar bastante os últimos dias de folga. Não faltam opções de atrações e passeios para pessoas de todas as idades, bolsos e gostos, o que vai ajudar os estudantes a encarar o segundo semestre cheios de energia.  

Em São Paulo, onde as aulas da rede pública, tanto as da prefeitura quanto do estado, serão retomadas no dia 25 de julho, há atividades por toda a cidade. Nas bibliotecas municipais, por exemplo, desde os bebês até os quase adultos têm acesso a diversos eventos gratuitos, de teatro, música, contação de histórias, circo e intervenções artísticas. 

Nesta quinta-feira (21), às 14h, a biblioteca Prefeito Prestes Maia (av. João Dias, 822, Santo Amaro) recebe a atividade de contação de histórias "As Incríveis Famílias Circenses", da Cia. Asfalto de Poesia. Com duração de 45 minutos, a apresentação mostra Clowndete Maria e Mussarella mexendo em malas cheias de fotografias antigas e, enquanto vasculham memórias de seus ancestrais de picadeiro, encontram histórias de famílias de circenses tradicionais do Brasil e do mundo.

A atração, indicada para o público de 7 a 14 anos, tem nova sessão no sábado (23), às 11h, na biblioteca Ricardo Ramos (praça do Centenário de Vila Prudente, 25, Vila Prudente). No sábado seguinte (30), às 14h, é a vez de Clowndete e Mussarella encerrarem as apresentações do mês na biblioteca Álvaro Guerra (av. Pedroso de Morais, 1919, Pinheiros).

Para as crianças e adolescentes que curtem curiosidades sobre o mundo, "O Começo de tudo: a ciência e outras histórias e Deuses do Sistema solar", é uma boa dica. A história de 40 minutos é contada pelo Núcleo Esporos de Experiências Artísticas - Anna Preta Produções Artísticas no sábado (30), às 14h, na biblioteca Alceu Amoroso Lima (rua Henrique Schaumann, 777, Pinheiros). 

Trata-se de uma seleção de histórias sobre a origem do mundo, entre elas a visão da ciência sobre o início de tudo, contada de uma forma bem divertida, voltada ao público de 7 a 14 anos.

No dia 23, sábado, ao meio-dia, a biblioteca Anne Frank, que fica na rua Cojuba, 45, no Itaim Bibi, recebe as crianças de 2 a 6 anos para a peça de teatro "Os amigos de Anne Frank", feita com bonecos fantoches. Com 30 minutos de duração, o espetáculo inclui brincadeiras e música, e conta com a participação do público presente. 

Para os menores, que têm de zero a 6 anos, a diversão fica por conta do teatro "O velho dos sonhos", encenada pela companhia Lúdicos de Teatro Popular. A peça fala sobre um personagem que conhece muitas histórias. À noite, ele costuma visitar crianças e, com um sopro em seus ouvidos, as encanta com seus contos. 

Durante uma semana, ele visita um menino, contando uma história diferente por noite, como "O Patinho Feio", "A Pequena Sereia" e "O Soldadinho de Chumbo", todas do repertório do maior contador de histórias infantis de todos os tempos, o dinamarquês Hans Christian Andersen. Em cartaz na biblioteca Narbal Fontes (rua Conselheiro Moreira de Barros, 170, Santana), no dia 22, às 15h, e na biblioteca Professor Arnaldo Magalhães Giácomo (rua Restinga, 136, Tatuapé), na sexta-feira (29), no mesmo horário. 

A intervenção artística "Praia Literária com Showzinho - Movimento Vem Brincar" também vai passar por mais de uma biblioteca da capital. A primeira, no dia 22, sexta-feira, às 14h, é a Professor Arnaldo Magalhães Giácomo (rua Restinga, 136, Tatuapé). A atividade inclui música, dança, bolinha de sabão, piscina de bolinha e muita animação para a criançada de zero a 6 anos.

Na sexta-feira (29), às 13h, é a vez da biblioteca Cassiano Ricardo (av. Celso Garcia, 4200, Tatuapé) e, no sábado (30), às 11h, a atividade acontece na Jovina Rocha Álvares Pessoa (av. Padre Francisco de Toledo, 331, Artur Alvim).

Na biblioteca Mário de Andrade, que fica na rua da Consolação, 94, no centro, no dia 25, segunda-feira, é apresentada a peça de teatro "Fortes e vingativos como o Jaboti: um painel lítero-musical-imagético em torno da Semana de 22". O espetáculo, que começa às 19h, combina teatro, música, literatura, dança e artes visuais, e promove um diálogo cênico com as propostas dos modernistas, em diferentes áreas artísticas. Com o grupo Bendita Trupe e classificação indicativa: livre. Os ingressos são gratuitos e devem ser retirados na recepção da biblioteca, no dia da apresentação, a partir das 18h. 

A programação completa, com as atividades de todas as bibliotecas, está disponível no site da Secretaria Municipal da Cultura.

Na ponta da língua

A programação especial de férias do Museu da Língua Portuguesa também tem diversas atividades gratuitas. Uma delas é a instalação "O Conto da Ilha Desconhecida", livremente inspirada no livro de mesmo nome do escritor José Saramago, para a qual foi criada uma barca inflável de sete metros de comprimento. Ela faz parte das homenagens ao centenário do autor, e fica no Saguão B do museu até o domingo, 24 de julho. 

Crianças e jovens, muitas vezes, não são considerados leitores da obra de Saramago. Por isso, eles são o foco desse projeto. Dentro da barca, na qual o público pode entrar, há uma série de bonecos, feitos de diferentes materiais. A ideia é proporcionar uma experiência cenográfica imersiva, que poderá ser usufruída de forma lúdica pelas crianças. De terça a domingo, das 9h às 18h, no Saguão B do Museu da Língua Portuguesa (Praça da Luz s/n, Luz). Grátis.

O projeto "Estação Férias – Lugares para Mirar" promove uma série de oficinas e ativações socioeducativas durante as férias de julho. São atividades de escrita, leitura em voz alta, construção de novas narrativas e entendimento de significados diferentes para uma mesma palavra, também no saguão B do museu, de terça a domingo, das 10h às 17h.

Aos domingos, das 10h30 às 12h, acontece a "Estação Famílias especial: Contos sobre ilhas desconhecidas – Narração de histórias", atividade em que contadores de histórias partilham contos que abordam temas como sonho, distopia, devaneio e imaginação. Com Leticia Liesenfeld, Magno Faria e Mafuane Oliveira.

Uma oficina para toda a família será realizada no sábado (23), às 14h, chamada "Sonho e imaginação", em que os participantes serão convidados a contar e a escrever seus sonhos e, depois, a materializar e dar visibilidade a eles, sob a supervisão de Rochele Beatriz. Para essas três atrações não é preciso fazer inscrição prévia.

Ainda no dia 23 acontece o "5º Sarau Língua Afiada", comandado pelo ativista cultural e escritor Sérgio Vaz, que receberá o Sarau da Cooperifa e o DJ Zeca. O microfone também vai estar aberto para quem quiser falar sua poesia, nessa atividade, promovida pelo Núcleo de Exposições e Programação Cultural do museu. No Saguão Central da CPTM, das 12h às 14h. 

No Saguão B do museu, no dia 27 (quarta-feira), das 11h30 às 12h30, é a vez do encontro "Uma Luz Inesperada", uma atividade de contação de histórias, baseada no livro de mesmo nome, de José Saramago. Outra atração é "Na Ponta da Língua", proposta dos educadores do museu para o dia 29, sábado. Das 12h às 13h, eles vão fazer perguntas e desafios relacionados à língua portuguesa para quem passar pelo Saguão Central da CPTM, na Estação da Luz.

A exposição principal do Museu da Língua Portuguesa tem entrada gratuita aos sábados para pessoas de todas as idades, mas é preciso fazer a reserva com antecedência, pelo site. Nos outros dias, os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada). Crianças até 7 anos não pagam. De terça a domingo, das 9h às 16h30 (permanência até as 18h). Venda de ingressos na bilheteria e pela internet. Acesso pelo Portão A (em frente à Pinacoteca).

Mais programas de graça

A oficina "Viajando pelas Estrelas" é a atração gratuita oferecida pelo Sesc Mogi das Cruzes na sexta-feira (29), às 18h. Nela, crianças a partir de 6 anos vão saber mais sobre a astronomia, entender o funcionamento de binóculos e telescópios usados na observação noturna do céu, conhecer a distribuição e o movimento dos astros, com especial atenção aos planetas visíveis a partir da Terra. É preciso retirar senha 30 minutos antes do início da atividade. Na rua Rogerio Tacola, 118, Socorro, Mogi das Cruzes. Telefone de contato: (11) 4728-6200.

Planeta Inseto, que fica no Museu do Instituto Biológico, também é uma boa opção de passeio gratuito para as férias. Vinculado à Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado, ele é o único jardim zoológico de insetos do Brasil e América Latina, e tem autorização do IBAMA para funcionar.

A barata-cabeça-da-morte (Blaberus craniifer) pode ser vista no Planeta Inseto, em São Paulo

A barata-cabeça-da-morte (Blaberus craniifer) pode ser vista no Planeta Inseto, em São Paulo

Reprodução da Internet/Planeta Inseto-Andréa Pagnota

Aparentemente insignificantes, os insetos representam mais da metade da vida do planeta. Para se ter uma ideia, só as formigas são responsáveis por 15% do peso da Terra. Estima-se que existam mais de um milhão de espécies de insetos em todo o mundo. Por isso, o objetivo do Planeta Inseto é mostrar alguns aspectos desses organismos e a importância deles na produção de alimentos e na área médica.

Entre as atrações, destacam-se colmeias em plena atividade, com abelhas produzindo mel, lagartas tecendo fios de seda, formigas trabalhando conforme a organização de seu sistema social, e cupins reciclando material orgânico. Os visitantes também podem ver uma corrida de baratas, um jardim com flores gigantes, insetos virtuais e a reprodução de sons de nove insetos diferentes. Os mais corajosos podem até pegar alguns insetos na mão. Fica na av. Dr. Dante Pazzanese, 64, Vila Mariana, e funciona de terça a domingo, das 9h às 16h. Telefone: (11) 2613-9500; e-mail: planetainseto@biologico.sp.gov.br.

Shoppings Centers também têm opções de atividades gratuitas. Na Vila Mariana, o Shopping Metrô Santa Cruz promove o "Encontro de Cosplay", no domingo, dia 24, a partir das 14h. O evento comemora o dia nacional do cosplay, nome dado às pessoas que têm o hobby de se fantasiar de personagens fictícios da cultura pop. Ele foi planejado para agradar tanto quem está começando nessa arte, quanto quem já é um expert e quer mostrar todos os seus conhecimentos.

Voltado aos fãs da cultura pop e de animes (tipo de animação produzida no Japão ou com as mesmas características dessas), e ao público geek (pessoas que são muito fãs de tecnologia, jogos eletrônicos ou de tabuleiro, histórias em quadrinhos, mangás, livros, filmes e séries), o encontro acontece em uma sala de cinema. Lá, serão realizados um bate-papo sobre o universo cosplay; conversas sobre como produzir um cosplay em casa; dicas de fotografia cosplay; e, para marcar o fim da comemoração, haverá um desfile de personagens.

Para a entrada, é necessário fazer inscrição pelo Sympla e o check-in presencial até as 14h30, no dia e local do evento. Após esse horário, será liberada a entrada do público em geral, por ordem de chegada, até a lotação do espaço (200 pessoas).  

No Piso Metrô, nos finais de semana de julho, das 12h às 18h, ocorre a oficina de Pintura Facial. A participação é por ordem de chegada, não é prciso fazer inscrição prévia, mas é recomendado chegar cedo. Na rua Domingos de Morais, 2.564, Vila Mariana. Telefone: (11) 3471-8000.

No Mooca Plaza, crianças e adolescentes têm a chance de visitar gratuitamente a exposição imersiva “Nós e os cães: a arte da amizade sem igual”, um passeio educativo sobre os cães e seus laços com o ser humano. O evento, que permite a entrada de pets, revela detalhes do mundo canino e visa aperfeiçoar os laços entre tutores e pets, com diversão e ciência, efeitos especiais, realidade virtual, projeções, sons e cores. A entrada custa R$ 30, somente para quem tem mais de 17 anos, e pode ser comprada online. Endereço: rua Capitão Pacheco e Chaves, 313, Mooca, telefones: (11) 3548-4502 e (11) 3548-4537.

Até 7 de agosto, de terça a domingo, das 10h às 17h, o Memorial da América Latina (Av. Mário de Andrade, 664, Barra Funda, Praça Cívica - portões 2 e 5), sedia a 5ª Bienal Internacional de Graffiti Fine Art, com curadoria de Binho Ribeiro, um dos precursores da arte de rua no Brasil. 

Comemorando os 10 anos de existência da bienal, cerca de 60 artistas de todo o mundo fizeram da galeria Marta Traba uma vitrine para técnicas e estilos da arte urbana, mostrando a importância da cena de street art e do grafitti. Além das obras expostas, a bienal tem oficinas, mostra de filmes educativos, mesas de diálogo e performances, tudo de graça. O telefone do Memorial é (11) 3823-4600.

Atrações pagas

O Museu de Pesca, mantido pelo Instituto de Pesca, vinculado à APTA (Agência Paulista de Tecnologias do Agronegócio), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, também é outra ideia de passeio para as férias. Ele fica em Santos, um prédio histórico, onde foi construída uma fortificação no século XVIII, e que depois abrigou a Escola de Aprendizes-Marinheiros e o Instituto de Pesca Marítima.

O acervo tem exemplares de diversas espécies de peixes, crustáceos, aves e mamíferos marinhos taxidermizados (animais mortos preservados por meio de uma técnica que os enche com palha), ossadas, conchas de moluscos, diferentes tipos de areias, maquetes de embarcações, aparelhos e equipamentos utilizados na pesca e em pesquisa oceanográfica, obras artísticas, etc.. As principais atrações são o esqueleto de baleia Finn (Balaenoptera physalus) com 23 metros de comprimento, 193 ossos e sete toneladas, além de exemplares de tubarões, raias, tartarugas, peixes, lula-gigante e leões-marinhos.

Até o fim julho, a atividade especial de férias, sempre às sextas-feiras, das 14h às 16h, é a xilogravura, em que o público poderá testar a técnica utilizando os desenhos da turminha do museu, feitos pelo artista plástico Alexandre Huber. Essa técnica funciona por meio de uma madeira, que serve como matriz de impressão, possibilitando a reprodução, em papel ou outro suporte adequado, da imagem nela gravada, em um processo muito parecido com a ação de carimbar.

O museu fica na av. Bartolomeu de Gusmão, 192, Ponta da Praia, em Santos, e funciona de quarta a domingo, das 10h às 17h. Os ingressos custam R$ 6 e R$ 3 (meia, para estudantes), e o pagamento deve feito em dinheiro. As crianças com até cinco anos, adultos com 60 anos ou mais, e instituições de ensino sem fins lucrativos, desde que sejam públicas e agendem a visita previamente, não pagam entrada. Contato pelo email: agendamentomuseu@pesca.sp.gov.br.

Além das atrações gratuitas, o Shopping Metrô Santa Cruz tem mais uma opção de diversão para a época de férias, "Xdome Gamer Lab", uma arena gamer com nove ambientes e 60 estações com PCs de última geração. Ela fica no Piso L2 e funciona de segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos, das 14h às 20h. Os preços vão de R$ 25 a R$ 40 por hora. Na rua Domingos de Morais, 2.564, Vila Mariana. Telefone: (11) 3471-8000.

Na zona oeste da capital paulista, o Shopping VillaLobos recebe o fenômeno infantil PJ Masks em um circuito eletrizante, o "PJ Masks e uma aventura no espaço". Dividido em dez estações e seis experiências interativas, os jovens frequentadores poderão ajudar Menino-Gato, Largatixo e Corujita a encontrar as pistas de um roubo de estrelas do céu. A aventura espacial também tem atividades como um "voo" em foguete, e a criação de estrelas.

De terça a sábado, das 10h às 22h, e domingos e feriados, das 12h às 20h. A compra dos ingressos, que custam R$ 50 e R$ 100, pode ser realizada na plataforma Sympla. Adulto acompanhado de criança paga R$ 25. As crianças de zero a 1 ano e 12 meses entram de graça, mas quem tem idades entre zero e 13 anos e 12 meses só pode participar acompanhado de responsável maior de idade.

O evento "L.O.L Surprise! Born 2 Travel" fica até o dia 28 de agosto, na Praça de eventos - piso térreo do Jardim Sul, de segunda a sábado, das 10h às 21h20, e domingos e feriados, das 12h às 19h20. Inspirada nas famosas bonecas de olhos grandes, a atração tem como cenário diversos países do mundo, e conta com brincadeiras e oficinas. As crianças vão se divertir com o escorregador pula-pula, pista de skate, escalada, basquete e a oficina de pinturinha da L.O.L.. Além disso, há um painel instagramável para a garotada registrar suas fotos.

Voltado ao público de um a 12 anos, o evento tem um custo entre R$ 32 e R$ 40 por sessão, com duração de cerca de 40 minutos. O minuto adicional custa R$ 1. As entradas podem ser compradas na bilheteria ou no site da Sympla. O shopping fica na rua Itacaiúna, 61. Os menores de 4 anos, 12 meses e 30 dias devem entrar na atração acompanhadas por um adulto responsável, que não paga a entrada. Não é permitido o acesso com calçado, somente de meia ou sapatilha descartável.

No ABC Paulista, o São Bernardo Plaza Shopping está com o maior castelo inflável da América Latina, o Jump Around, que tem 2.500 m² e garante diversão para toda a família. Lúdico e colorido, o brinquedo tem várias pistas de obstáculos, estruturas de escalada, escorregador e pula-pulas para quem quer desafiar seus limites. Todos os dias até 31 de julho, das 15h às 21h (última sessão às 20h30); e de 1º a 14 de agosto, de quinta a domingo, no mesmo horário. Na av. Rotary, 624, São Bernardo do Campo.

As sessões são de 30 minutos, e os ingressos antecipados custam R$ 46 (meia-entrada + taxas) se comprados na plataforma Simpla, e R$ 49,90 (meia-entrada) na bilheteria. Crianças de zero a 5 anos só entram com um adulto responsável, que é isento da entrada. Maiores de 5 anos não precisam de acompanhamento. Cada minuto extra custa R$ 2 (em dias úteis) e R$ 3 (no fim de semana).

Em Alphaville, a programação de férias do Shopping Tamboré é o circuito temático e lúdico do Parque dos Flamingos, aberto para brincadeiras até o dia 31 de julho. Indicado para crianças de até 12 anos, dentre as atividades estão um labirinto de obstáculos, escorregadores, piscina de espumas gigantes, nas cores rosa, azul e laranja, coqueiro animado e uma casa da árvore. A duração média é de 30 minutos, e o valor do ingresso é R$ 40. A cada 15 minutos adicionais, são acrescidos R$ 10.

Crianças menores de 5 anos, ou de qualquer idade que necessitem de apoio individualizado, devem ser acompanhadas por um adulto responsável durante a permanência no parque. Nesse caso, o acompanhante não tem de adquirir ingresso. Na Praça de eventos do shopping, de segunda a sábado, das 10h às 22h; domingos e feriados, das 10h às 20h. Na av. Piracema, 669, Tamboré, Barueri.

No mesmo shopping, a Estação Kids, empresa de festas e entretenimento, que tem um espaço  lúdico, com estações interligadas, oferece uma programação com diferentes oficinas, sempre das 14h às 18h. O preço da atividade varia conforme a permanência da criança no espaço: R$ 34 para 30 minutos, R$ 48 para 45 minutos, e R$ 62 para uma hora. A cada 15 minutos adicionais são cobrados R$ 12.

Na segunda-feira (27), a oficina é de boneco de bexiga com farinha; na terça (26), é a vez de aprender a fazer slime, e na sexta (29), a criançada pode ver como criar esculturas com bexigas. Telefone: (11) 4688-2233; email: estacao@estacaokidstambore.com.br.

Passeios e viagens curtas

Nas unidades do Sesc, atrações como oficinas e bate-papos também são gratuitas, e a maioria requer inscrição antecipada, mas é preciso ficar de olho na programação do "Oba! Férias!", porque muitas atividades já estão com as vagas esgotadas. A proposta da entidade para o período de descanso das aulas é convidar as crianças e toda a família a conhecer novos lugares e redescobrir a própria cidade.

Os passeios são gratuitos para crianças de até 6 anos, e custam entre R$ 10 e R$ 30 (os circuitos a pé), e entre R$ 20 e R$ 60 (os que incluem transporte). Um exemplo é o roteiro "Histórias e Brincadeiras em Paranapiacaba (SP)", elaborado pela equipe do Sesc Vila Mariana e realizado no sábado, dia 23, das 9h às 18h. As inscrições são condicionadas à presença de crianças (de zero a 12 anos), que devem ser acompanhadas por familiares ou responsáveis. O almoço está incluído no valor do ingresso.

A visita a Paranapiacaba vai contar a história da vila, suas lendas e as curiosidades em torno da construção da ferrovia São Paulo Railway. A atividade acompanha uma menina inglesa, filha de um dos engenheiros da estrada de ferro, que acaba de chegar, e precisará desvendar os mistérios do local. Ela vai contar com a ajuda do grupo de visitantes ao longo do trajeto, por meio de jogos, brincadeiras e encenações. 

Também no dia 23, o Sesc Pinheiros promove o passeio "Pegadas do Universo: Museu Aberto de Astronomia", das 11h às 20h, com viagem até Campinas, no interior do estado. Lá, no Pico das Cabras, fica o Museu Aberto de Astronomia (MAAS), onde todos vão aprender mais sobre os planetas, as estrelas, o Sol e a imensidão do Universo.

O roteiro inclui: almoço no próprio museu, visita ao planetário, ida ao Espaço Atlas, Espaço Gaya, trilha, Astroteatro sobre a origem e a mitologia das constelações que podem ser vistas a olho nu, e observação do céu por telescópios. 

No Sesc Itaquera, no dia 31, domingo, a excursão tem saída às 8h, com destino ao o Sesc Interlagos, onde está a exposição "Darwin, o original". O passeio custa de R$ 40 a R$ 60, e tem duração estimada em 600 minutos.

Por meio de peças audiovisuais, maquetes e obras interativas, a mostra apresenta aos visitantes a vida, as teorias e o legado da produção científica de Charles Darwin (1809-1882), naturalista, biólogo e geólogo inglês, que ficou famoso por seus estudos sobre a origem e evolução das espécies na Terra. Inédita no Brasil, a exposição fica em cartaz no Sesc Interlagos até 11 de dezembro 2022. As inscrições devem ser feitas pelo formulário no site

Após a visita à exposição, o roteiro prevê a participação na trilha “Mirada das Aves”, em que os visitantes vão explorar uma parte da Mata Atlântica reflorestada, com os agentes de Educação Ambiental do Sesc Interlagos, em diálogo direto com a mostra "Darwin, o original". 

Aprender brincando

Adolescentes e crianças mais curiosos vão gostar do Museu da Imaginação, que fica no bairro da Lapa, em São Paulo (na rua Ricardo Cavatton, 251), e propõe o aprendizado por meio da brincadeira, da interação e do contato com a arte e a ciência.

São três áreas de exposição: "ImaginEINSTEIN!", "Escalando o Mundo" e "Volta ao Mundo", além do "Espaço Matemática", com instalações e jogos. A primeira mostra, que mistura o nome do museu e do cientista Albert Einstein, é voltada ao universo da física. Nela, há equipamentos que simulam a formação de um arco-íris, o funcionamento das asas de um avião e ilusões de ótica, entre outras experiências que explicam como a física está presente no cotidiano.

"Escalando o Mundo" é uma exposição inspirada na história de força e superação de um jovem com paralisia cerebral, que escalou uma das montanhas dos alpes da Itália. A ideia é levar os visitantes a uma viagem rumo a sete picos de diferentes continentes, numa verdadeira imersão nas montanhas. Na terceira atividade, "Volta ao Mundo", as famílias entram em contato com grandes monumentos da história da humanidade, da antiguidade à contemporaneidade, montadas com mais de um milhão de peças de Cubic (tipo de jogo com blocos de montar).

Quatro artistas levaram seis meses para construir as 11 maquetes, que conduzem adultos e crianças a uma visita ao mundo todo, sem sair do lugar. Nos percurso, há jogos e easter eggs escondidos em algumas instalações, o que torna a experiência interativa e promove a união das crianças na construção do conhecimento. Easter eggs é uma expressão em inglês, que pode ser traduzida como "ovos de páscoa". No universo midiático e no mundo dos games, refere-se a segredos, objetos ou personagens encondidos, que o jogador ou espectador desvenda conforme explora e avança em um jogo ou filme, por exemplo.

Além dessas atrações, até o fim de julho, a cada 20 minutos, há sessões diárias no planetário inflável de 35m², que fica na área externa do museu. É o programa perfeito para quem se interessa por explorar o céu, e quer entender a dinâmica do sistema solar e saber mais sobre os planetas e as estrelas.

Também são oferecidas duas oficina de robótica, uma chamada "Piano com Makey Makey", que acontece das 10h às 14h30, voltada a crianças a partir de 3 anos, e a outra, o "Desafio Carro Robô", das 12h às 16h30, para quem tem 7 anos ou mais. Na primeira, os pequenos vão poder tocar músicas em um piano com teclas de massinha, e aprender como a energia passa pelos objetos. Na segunda, a aprendizagem é sobre conceitos básicos de física, robótica e lógica de programação.

Ambas têm duração de 40 minutos, capacidade para 10 visitantes, e custam R$ 29,90 além da entrada no museu. O kit do carro robótico, usado na segunda oficina, não está incluído no valor cobrado pela participação. Os ingressos podem ser comprados online, ou na bilheteria do museu.

Planetário do Museu da Imaginação, em São Paulo

Planetário do Museu da Imaginação, em São Paulo

Reprodução da Internet/Instagram

Bebês de zero a um ano e 11 meses não pagam entrada, mas é preciso apresentar a certidão de nascimento da criança. Os preços dos bilhetes são R$ 70 (para crianças de 2 a 12 anos e para adultos) e R$ 35 (para quem tem a partir de 13 anos, inclusive portadores de deficiência e acompanhante, maiores de 60 anos e professores da rede pública). Devem ser apresentados documentos comprobatórios.

Para as crianças com deficiência, com idades entre 2 e 12 anos, a entrada custa R$ 39,90, e o acompanhante maior de 18 anos paga R$ 35,00. O pacote com a entrada e a participação na oficina de robótica sai por R$ 99,90.

Outro destino que é certeza de sucesso com a garotada é o Museu Catavento, que fica na avenida Mercúrio, s/n, Parque Dom Pedro II, na região central de São Paulo. Dedicado à ciência e tecnologia, ele tem 250 instalações espalhadas por 12 mil metros quadrados, organizadas em quatro seções: Universo, Vida, Engenho e Sociedade.

A primeira aborda a origem do Universo, a formação da Terra e o céu, e é dividida em Astronomia, Sistema Solar e Terra. Há uma sala dedicada à Lua, e uma nave espacial, onde é possível embarcar, e se sentir como um astronauta de verdade. 

A seção Vida fala sobre o surgimento da vida na Terra, sua diversidade, o aparecimento dos seres humanos e sua evolução. Inclui os temas: A Origem da Vida, Do Macaco ao Homem, Submarino em viagem ao Fundo do Mar, Dinossauros do Brasil e Darwin.  

A parte Engenho apresenta as descobertas do homem em Física e Química, e o que foi desenvolvido a partir delas, incluindo luz e óptica, mecânica, eletromagnetismo, som, calor e motores, entre outros conhecimentos. Já a seção Sociedade mostra o inter-relacionamento entre os seres humanos, a cooperação com vistas às melhorias. 

Visitantes fazem experiência no Laboratório de Química do Museu Catavento, em São Paulo

Visitantes fazem experiência no Laboratório de Química do Museu Catavento, em São Paulo

Reprodução da Internet/Facebook

O Museu Catavento funciona de terça-feira a domingo, das 9h às 17h.  A entrada custa R$ 15. Aposentados, pessoas com 60 anos ou mais, estudantes, pessoas com deficiência e um acompanhante, e portadores de ID Jovem têm direito à meia-entrada. A gratuidade é garantida a crianças de até 7 anos, professores, coordenadores, diretores e quadro de apoio de escolas públicas, e policiais, entre outras categorias profissionais.

Para participar de algumas atividades, como oficinas, é indicado consultar o site do museu, verificar se é preciso garantir uma senha de acesso, e seguir as orientações da página. Até o fim do mês (exceto às segundas-feiras), é oferecida a Oficina de Horta Orgânica, realizadada a cada 30 minutos, a partir das 10h, na qual as crianças conhecem as quatro principais etapas do plantio e cultivo de vegetais. Há, ainda, visitas ao Laboratório de Química, onde são realizados experimentos que envolvem transformação da matéria e liberação de energia. 

É o bicho!

O Zoológico de São Paulo, localizado na av. Miguel Stéfano, 4.241, Água Funda, preparou para as férias a "Noite Animal", com sessões às quintas, sextas e sábados, das 18h30 às 22h30. A ideia é fazer um passeio noturno, num trajeto delimitado, pensado para o visitante conhecer os hábitos noturnos de grandes e pequenos felinos, além do lobo-guará, corujas e serpentes. 

A experiência inédita propõe atividades imersivas em diversos ambientes, numa conexão com a Mata Atlântica do Parque Estadual das Fontes do Ipiranga, que permite sentir cheiros e ouvir os sons da noite no zoo. Realizada até o dia 30 de julho, a entrada é permitida apenas para maiores de 5 anos, e até as 19h30. A visitação se encerra às 21h30, e o serviço de alimentação fica aberto até as 22h30.

As entradas podem ser compradas online, no site do zoológico, e custam R$ 149,90 por pessoa (o pagamento no cartão de crédito pode ser parcelado em até seis vezes por compra, com parcela mínima de R$ 99). Contato pelo telefone: (11) 5073-0811.

Outra sugestão para quem quer conhecer mais o mundo animal é o Aquário de São Paulo, que fica na rua Huet Bacelar, 407, no Ipiranga. Lá, é possível se sentir em um pedacinho do mar e também aprender sobre coalas, cangurus, pinguins, jacarés, tubarões, peixe-boi e, até, sobre dinossauros e sereias.

A visitação completa dá direito às atrações Tanque dos Tubarões, que tem um milhão de litros de água salgada, Lagoa dos Jacarés, que reproduz características do Pantanal, aos espaços Igarapé na Amazônia e Sul da Argentina (Patagônia), ao Recinto dos Ursos-Polares, e aos setores África, Indonésia e Austrália.

O visitante também pode explorar a réplica de um submarino em tamanho natural, a Caravela dos Piratas, o interior de um navio naufragado, e ver mais tubarões e raias. Só não estão incluídos no preço da entrada as atrações Jurassic Aquarium e o Mergulho das Sereias, além da alimentação e o estacionamento.   

A novidade deste ano é o recém-chegado filhote de bicho-preguiça Manaus, que tem pouco mais de três meses, que foi resgatado às margens do Rio Tarumã, em Manaus (AM), e está sob os cuidados do Aquário. Ele foi encontrado ao lado da mãe, já morta, e está se adaptando bem à nova casa, com sua nova amiga Mochi, bicho-preguiça que vive no aquário.

Os ingressos custam R$ 80 (para crianças de 2 a 12 anos), R$ 100 (para adultos) e R$ 50 (para quem tem 60 anos ou mais). Ingressos de lote promocional, a R$ 75, estão à venda na Loja Virtual do site, para crianças ou adultos, até o dia 22, sexta-feira. Mais informações pelo telefone (11) 2273-5500. Funciona de segunda a domingo, das 9h às 17h. 

O show Mergulho das Sereias é apresentado aos sábados, domingos e segundas, das 10h às 17h, e de terça a sexta-feira, das 10h às 13h e das 14h às 17h. O ingresso custa R$ 20 e é vendido no local. Para entrar no Jurassic Aquarium, é cobrada uma taxa de R$ 15.

Últimas