Economia Dólar cai mais de 1% e abre a semana negociado a R$ 5,31

Dólar cai mais de 1% e abre a semana negociado a R$ 5,31

Recuo da moeda norte-americana reflete otimismo após falas mais conciliadoras de Lula sobre a futura postura fiscal do Brasil

Reuters
Dólar abre a semana em queda de 1,17%

Dólar abre a semana em queda de 1,17%

Rick Wilking/Reuters

O dólar tinha forte queda frente ao real nos primeiros negócios desta segunda-feira (21), apesar da força da moeda norte-americana no exterior, com investidores reagindo positivamente a falas recentes mais conciliadoras do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva sobre a futura postura fiscal do Brasil.

Às 10h46 (de Brasília), a moeda norte-americana à vista recuava 1,17%, a R$ 5,3123 na venda. Na B3, o contrato futuro de primeiro vencimento da divisa caía 1,22%, a R$ 5,3235. A moeda fechou a última sessão, na sexta-feira, em queda de 0,58%, a R$ 5,375 na venda.

O movimento surge em reação à manifestação de Lula de que responsabilidade fiscal é importante, afirmando que "não podemos gastar mais do que a gente ganha", embora tenha reforçado seu compromisso com o investimento na economia e no bem-estar social do Brasil.

Na sexta-feira, Lula já havia dito ter ficado feliz com a carta aberta de economistas que alertaram para o risco de se subestimar reações adversas dos mercados financeiros a medidas que vão contra a responsabilidade fiscal, e garantiu ter compromisso com o controle das contas públicas.

"Além de um tom mais conciliador utilizado pelo presidente eleito, dizendo que gosta de seguir os que são bons e que irá governar com responsabilidade fiscal, a expectativa de que o texto da PEC de Transição seja amplamente desidratado no Congresso através da sua substituição por uma PEC alternativa também traz algum alívio", disse a Guide Investimentos em nota a clientes.

Helena Veronese, economista-chefe da B.Side Investimentos, atribuiu a queda do dólar nesta manhã a esperanças de que o rompimento do teto embutido na PEC da Transição seja reduzido para R$ 70 bilhões, bem como a expectativas de que seja apresentada no texto uma proposta de âncora fiscal que substitua o teto de gastos — ferramenta que Lula quer eliminar.

Na sexta-feira, o líder do PT na Câmara, Reginaldo Lopes (MG), disse que a equipe de transição pode incluir na PEC o compromisso de propor uma nova âncora fiscal para o país a ser determinada via projeto de lei complementar.

As perdas da divisa norte-americana nesta manhã vinham na contramão do exterior, onde o índice que compara o dólar a uma cesta de seis pares fortes disparava 0,85%. Ao mesmo tempo, vários pares arriscados do real operavam em forte queda nesta segunda-feira, com peso mexicano, dólar australiano, rand sul-africano e peso chileno perdendo de 0,3% a 1,3%.

O Banco Inter citou em nota "cautela de investidores à medida que os casos de Covid-19 aumentam e novos lockdowns vão sendo impostos na China", bem como desconforto dos mercados com sinalizações mais duras contra a inflação de autoridades do banco central dos Estados Unidos.

A China está lutando contra vários surtos de coronavírus. Duas mortes foram relatadas em Pequim no domingo, e o distrito mais populoso da cidade pediu aos moradores que ficassem em casa nesta segunda-feira. Já nos EUA, o foco estará sobre a ata da última reunião de política monetária do Fed, que será publicada na quarta-feira.

Veronese, da B.Side, disse que o mercado de câmbio doméstico deve "reagir muito mais ao noticiário político local" do que ao ambiente externo ao longo desta semana, principalmente em meio a expectativas de que comecem a ser anunciados em breve os nomes da equipe ministerial de Lula.

Últimas