Economia Dólar fecha em alta de 0,65%, a R$ 5,37, e Bolsa sobe 0,33%

Dólar fecha em alta de 0,65%, a R$ 5,37, e Bolsa sobe 0,33%

Moeda americana registrou o maior valor desde 23 de agosto; Ibovespa foi aos 113.653,08 pontos, refletindo ações de maior peso

Reuters
O dólar à vista fechou em alta de 0,65%, a R$ 5,37895 na venda

O dólar à vista fechou em alta de 0,65%, a R$ 5,37895 na venda

REUTERS/Yuriko Nakao

O dólar começou a semana em alta, engatando o quarto pregão de ganhos e batendo outra máxima em cerca de um mês, agora já mais perto de R$ 5,40, em meio a compras de segurança diante de renovados temores fiscais.

O dólar à vista fechou em alta de 0,65%, a R$ 5,37895 na venda, maior valor desde 23 de agosto (R$ 5,3823). A divisa oscilou entre R$ 5,3073 (-0,69%) e R$ 5,3892 (+0,84%).

Já o principal índice de ações brasileiras fechou em leve alta, apoiado em ações de maior liquidez em meio à alta das commodities e baixa moderada em Wall Street.

De acordo com dados preliminares, o Ibovespa teve valorização de 0,33%, aos 113.653,08 pontos, refletindo ganhos sobretudo de ações de maior peso na carteira, como de bancos, Petrobras e Vale. O volume financeiro de negócios somou R$ 28,3 bilhões.

O real amargou o segundo pior desempenho global nesta sessão, à frente apenas do peso filipino. A moeda brasileira também sentiu o fortalecimento do dólar no mundo, em mais um dia de rali dos rendimentos dos títulos soberanos dos EUA, movimento que aumenta a competitividade da moeda norte-americana como opção de investimento.

Últimas