Dólar tem 1ª queda do ano e fecha a quarta-feira cotado a R$ 4,05

Recuo de 0,31% da moeda norte-americana foi guiado por discurso de Donald Trump para acalmar os ânimos sobre nova escalada em tensões com o Irã

Dólar alcançou R$ 4,07 na máxima da sessão

Dólar alcançou R$ 4,07 na máxima da sessão

Rick Wilking/Reuters

O dólar teve nesta quarta-feira (8) a primeira queda de 2020 ante o real, seguindo direção do exterior após discurso do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, acalmar os ânimos sobre uma nova escalada em tensões geopolíticas com o Irã.

No mercado à vista, a moeda norte-americana fechou em queda de 0,31%, a R$ 4,0519 na venda.

Leia mais: Saída de dólares bate recorde e supera US$ 44 bi em 2019

Mais cedo, a moeda chegou a subir, alcançando uma máxima de R$ 4,0793 na venda, amparada pelo clima ainda de cautela sobre as tensões no Oriente Médio.

Na B3, em que os negócios com dólar futuro vão até as 18h15, o dólar tinha queda de 0,39% por volta de 17h15, a R$ 4,0575.