Dólar tem maior queda em seis semanas e passa a valer R$ 5,21

Desvalorização de 2,44% da moeda norte-americana ante o real ocorreu em meio às expectativas sobre vacinas para combater a covid-19

Dólar oscilou entre R$ 5,17 e R$ 5,31 na sessão

Dólar oscilou entre R$ 5,17 e R$ 5,31 na sessão

Jose Luis Gonzalez/Reuters - 12.2.2018

O dólar sofreu a maior queda em seis semanas nesta terça-feira (21), com o real liderando os ganhos nos mercados globais de câmbio em dia de fraqueza generalizada da moeda norte-americana conforme investidores se apegaram a expectativas de mais estímulos em meio a esperanças sobre vacinas para combater a covid-19.

Na sessão, a moeda norte-americana caiu 2,44%, a R$ 5,2115. É a maior desvalorização percentual diária desde 8 de junho (-2,66%) e o menor patamar para um fechamento desde 23 de junho (R$ 5,1531).

Leia mais: Saiba como alta do dólar pode mexer com seu bolso

A divisa operou em baixa durante toda a sessão. Na mínima, desceu a R$ 5,1659(-3,29%), enquanto na máxima marcou R$ 5,3115 (-0,57%).

A percepção de retomada da agenda de reformas no Brasil também contribuiu para a valorização do real na sessão.