Economia Fluxo cambial total em janeiro até o dia 20 é negativo em R$ 4.9 bilhões

Fluxo cambial total em janeiro até o dia 20 é negativo em R$ 4.9 bilhões

O Banco Central divulgou os números em meio à viagem internacional de Lula para o Uruguai

Ministro da Fazenda, Fernando Haddad planeja instituir moeda única entre Brasil e Argentina para transações internacionais

Ministro da Fazenda, Fernando Haddad planeja instituir moeda única entre Brasil e Argentina para transações internacionais

Dado Ruvic/Reuters – 30.05.2022

Depois de encerrar dezembro com saídas líquidas de R$ 62 bilhões (US$ 12,482 bilhões), o país registrou fluxo cambial negativo de R$ 4.9 bilhões (US$ 992 milhões) em janeiro, até o dia 20, informou nesta quarta-feira (25), o Banco Central. Em 2022, o saldo foi positivo em R$ 47,5 bilhões (US$ 9,574 bilhões).

O canal financeiro apresentou saídas líquidas de R$ 4,5 bilhões no período. Isso é o resultado de aportes no valor de R$ 148 bilhões e retiradas no total de R$ 153 bilhões. O segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo de janeiro, até o dia 20, foi negativo em R$ 415 milhões, com importações de R$ 63 bilhões e exportações de R$ 62,5 bilhões.

O Brasil registrou fluxo cambial positivo de R$ 3,3 bilhões na semana passada, de 16 a 20 de janeiro, informou o Banco Central.

O canal financeiro apresentou entradas líquidas de R$ 3,6 bilhões no período. Isso é o resultado de aportes no valor de R$ 50 bilhões e retiradas no total de R$ 46,6 bilhões

No comércio exterior, o saldo da semana passada foi negativo em R$ 285 milhões, com importações de R$ 18,5 bilhões e exportações de R$ 18,5 bilhões.

Últimas