Economia Focada em Brasília, bolsa paulista mostra fraqueza na abertura

Focada em Brasília, bolsa paulista mostra fraqueza na abertura

Em meio a um ambiente ainda volátil nas questões fiscais, às 10h13, Ibovespa caía 0,09%, a 111.438,74

Reuters
Bolsa paulista mostra fraqueza na abertura desta quarta-feira (03)

Bolsa paulista mostra fraqueza na abertura desta quarta-feira (03)

Juan Mabromata / Getty Images - 03/03/2021

A bolsa paulista mostrava fraqueza na abertura desta quarta-feira (03), em meio a um ambiente ainda volátil relacionado a questões fiscais e decisões em Brasília, com a temporada de resultados corporativos também ocupando as atenções.

Leia mais: Ibovespa sinaliza melhora na abertura com PEC Emergencial

Às 10:13, o Ibovespa caía 0,09%, a 111.438,74 pontos.

Analistas da corretora Planner afirmaram que o mercado segue cauteloso em relação à pauta da PEC emergencial e decisões que precisam avançar no curto prazo para melhorar a expectativa em relação à economia, conforme relatório a clientes mais cedo.

A Secretaria de Política Econômica do Ministério da Economia afirmou pela manhã que incertezas econômicas continuam elevadas e estimou que o primeiro trimestre será desafiador para o Brasil.

Ao mesmo tempo, avaliou que a política monetária estimulativa, a expansão da vacinação, a consolidação fiscal e a continuidade das reformas vão permitir o aumento da confiança e maior vigor econômico ao longo de 2021.

O comentário veio após números do IBGE mostrarem que o PIB do país caiu 4,1% no ano passado --maior tombo da série que começa em 1996.

Em relação à PEC Emergencial, a expectativa é de que o novo texto seja votado no Senado nesta quarta-feira, e siga direto para a Câmara dos Deputados, sem passar por comissões, conforme prometido pelo presidente da Câmara.

O mercado também lida com expectativa de que o governo de São Paulo coloque todo o Estado na chamada "fase vermelha", a mais restritiva do plano de quarentena contra Covid-19.

A agenda de balanços no Brasil traz nesta quarta-feira, após o fechamento, os números de Magazine Luiza, Cia Hering e Taesa.

A B3 também divulgou novos horários de negociação a partir de 15 de março, em razão do começo do horário de verão nos Estados Unidos. No mercado à vista de ações, o fechamento será adiantado em 1h, para 17h.

Últimas