Rússia x Ucrânia

Economia Gigante de transporte marítimo Maersk também deixa a Rússia

Gigante de transporte marítimo Maersk também deixa a Rússia

Grandes bancos, companhias aéreas e montadoras, entre outros, também cortaram remessas, encerraram alianças e consideraram as ações contra a Ucrânia inaceitáveis

Reuters
Maersk se junta a outras grandes empresas em boicote à Rússia

Maersk se junta a outras grandes empresas em boicote à Rússia

Pixabay

A gigante de transporte marítimo Maersk interromperá temporariamente todos os seus embarques de contêineres de e para a Rússia, aprofundando o isolamento do país à medida que a invasão da Ucrânia desencadeia um êxodo de empresas ocidentais.

As empresas do Ocidente têm imposto fortes restrições à Rússia para fechar sua economia e retirá-la do financeiro mundial.

As sanções incluem uma série de medidas como o fechamento do espaço aéreo para aviões russos, a exclusão de alguns bancos do país da rede financeira global Swift e a restrição da capacidade de Moscou de usar seus US$ 630 bilhões em reservas cambiais.

Espera-se que mais empresas ocidentais se retirem da Rússia nesta terça-feira (1º), seguindo o exemplo das empresas de energia Shell e BP, que abandonaram posições multibilionárias após a invasão da Ucrânia.

Grandes bancos, companhias aéreas e montadoras, entre outros, também cortaram remessas, encerraram alianças e consideraram as ações da Rússia inaceitáveis.

Portal R7

Últimas