Economia Hackers roubam mais de R$ 3 bilhões em criptomoedas

Hackers roubam mais de R$ 3 bilhões em criptomoedas

Golpe ocorreu contra a plataforma Poly Network e foi classificado como o "maior roubo desse tipo da história"

  • Economia | Do R7

Plataforma pediu devolução dos ativos roubados

Plataforma pediu devolução dos ativos roubados

Dado Ruvic/Illustration/File Photo/Reuters

Hackers roubaram mais de R$ 3,12 bilhões (US$ 600 milhões) em criptomoedas em um ataque cibernético contra a plataforma Poly Network, um protocolo descentralizado de finanças (DeFI, na sigla em inglês) que permite que clientes transfiram tokens entre diferentes blockchains. Segundo a empresa, o golpe representou o maior roubo desse tipo da história.

Leia mais: Quase metade das fraudes financeiras envolve criptomoedas

Em comunicado endereçado aos criminosos, a companhia pediu que os ativos sejam devolvidos e alertou que as autoridades em qualquer país vão considerar o furto um "grande crime econômico". "O dinheiro que você roubou pertence a dezenas de milhares de membros da comunidade cripto", destacou.

O blockchain é uma rede descentraliza em que as transações com criptomoedas são registradas. O serviço oferecido pela Poly Network é promover uma comunicação entre essas diferentes plataformas.

Últimas