Economia Ibovespa avança com empresas aéreas entre maiores altas

Ibovespa avança com empresas aéreas entre maiores altas

Ações de companhias aéreas entre as maiores altas na abertura do mercado, o índice subia 0,76%, a 123.922,26 pontos às 11h15

Reuters
Ibovespa avança com empresas aéreas entre maiores altas  nesta quarta-feira (26)

Ibovespa avança com empresas aéreas entre maiores altas nesta quarta-feira (26)

Paulo Whitaker/Reuters - 24.6.2019

O tom positivo prevalecia na bolsa paulista nesta quarta-feira (26), com ações de companhias aéreas entre as maiores altas do Ibovespa, em meio a notícias de que a Azul quer comprar a operação da Latam no Brasil, bem como melhora nas previsões da Gol para a ocupação no segundo trimestre.

Leia mais: Dólar recua ante real com menor temor sobre aperto monetário

Às 11h15, o Ibovespa subia 0,76%, a 123.922,26 pontos. O volume financeiro somava R$ 7,6 bilhões.

"Temos que voltar ao trabalho de reaproximação dos 124 mil pontos do Ibovespa, para abrir novamente o objetivo de ultrapassagem do recorde de pontuação pouco acima de 125.300 pontos", afirmou o sócio e economista-chefe do banco digital modalmais, Alvaro Bandeira.

Wall Street não mostrava uma tendência clara, apesar de comentários de autoridades do Federal Reserve ajudarem a aliviar preocupações com a alta da inflação nos Estados Unidos. Investidores aguardam para sexta-feira o desempenho de abril da medida sobre o comportamento dos preços preferida pelo Fed.

Destaques

- AZUL PN subia 4,78%, ainda sob efeito de declarações da empresa de que estuda oportunidades de consolidação e que está em uma posição forte para liderar um processo nesse sentido. Uma fonte disse à Reuters que a Azul abordou a chilena Latam Airlines com o objetivo de comprar sua operação brasileira.

- GOL PN avançava 4,31%, após melhora nas previsões sobre ocupação e custos neste segundo trimestre, além de estimativas para a segunda metade do ano.

- LOCAWEB ON valorizava-se 4,76%, dando continuidade à recuperação em maio após um tombo de mais de 20% nos primeiros pregões do mês.

- BRADESCO PN mostrava elevação de 1,87% e ITAÚ UNIBANCO PN subia 1,38%, respondendo por relevante suporte ao Ibovespa e recuperando-se de uma sessão mais negativa na véspera. BTG PACTUAL UNIT avançava 0,39%, tendo no radar potencial oferta de units.

- VALE ON subia 1,29%, amenizando a correção negativa desde que renovou máxima histórica mais cedo no mês. No setor de mineração e siderurgia, porém, CSN ON, USIMINAS PNA e GERDAU PN figuravam no lado negativo do Ibovespa.

- CIELO ON recuava 1,71%, após forte alta na véspera, com a empresa de meios de pagamentos afirmando desconhecer ato ou fato relevante não divulgado a respeito de suas atividades que possa ter dado causa às oscilações atípicas nos papéis recentemente.

- PETROBRAS ON e PETROBRAS PN cediam 0,59% e 0,5%, respectivamente, em meio ao declínio dos preços do petróleo no mercado externo.

Últimas