Economia Inflação na porta de fábrica tem maior alta da história em fevereiro

Inflação na porta de fábrica tem maior alta da história em fevereiro

Salto de 5,2% do Índice de Preços ao Produtor foi guiada pelos preços de indústrias extrativas (27,9%) e refino de petróleo (12%)

  • Economia | Do R7

Preços ao produtor acumulam alta de 28,6% em 12 meses

Preços ao produtor acumulam alta de 28,6% em 12 meses

Pixabay

Os preços dos produtos da indústria subiram 5,22% em fevereiro, segundo dados divulgados nesta terça-feira (30), pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Trata-se da maior alta da série histórica, iniciada em janeiro de 2014.

No acumulado no ano até fevereiro, o IPP (Índice de Preços ao Produtor) atingiu 8,95%, o maior patamar da série para esse período e superando o maior acumulado anterior (1,83%), de fevereiro de 2014. O acumulado em 12 meses (28,58%) também foi recorde.

As quatro maiores variações do índice em fevereiro foram nas atividades de indústrias extrativas (27,91%), refino de petróleo e produtos de álcool (12,12%), outros produtos químicos (9,69%) e metalurgia (8,35%).

O IPP mede os preços de produtos “na porta de fábrica”, sem impostos e fretes, e abrange as grandes categorias econômicas: bens de capital, bens intermediários e bens de consumo (duráveis, semiduráveis e não duráveis).

Últimas