Maia defende prorrogação de auxílio emergencial 'por dois ou três meses'

Presidente da Câmara dos Deputados disse no Twitter que há indícios de 'uma forte queda da economia no terceiro trimestre'

Rodrigo Maia defendeu a prorrogação do auxílio

Rodrigo Maia defendeu a prorrogação do auxílio

Michel Jesus/Câmara dos Deputados - 16.06.2020

O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), reafirmou na noite deste sábado (20) ser favorável à prorrogação do pagamento do auxílio emergencial — destinado a trabalhadores informais e famílias de baixa renda como forma de abrandar os impactos negativos da pandemia do novo coronavírus.

"A todos que me perguntam sobre o auxílio emergencial: sou a favor da prorrogação do auxílio de R$ 600 por mais dois ou três meses", afirmou Maia em sua conta no Twitter. Segundo o parlamentar, todos os indicadores apontam para uma forte queda da atividade econômica no terceiro trimestre do ano.

Maia disse acreditar que o prolongamento do plano de ajuda conta com o apoio da maioria dos deputados. "Manter esta ajuda é premente. O governo não pode esperar mais para prorrogar o auxílio. A ajuda é urgente e é agora", afirmou.