Economia Março já deve sentir impacto do aumento da pandemia, diz Guedes

Março já deve sentir impacto do aumento da pandemia, diz Guedes

O ministro voltou a falar sobre a importância da vacinação em massa, ressaltando que ela é o único caminho para a retomada

Reuters - Economia
O ministro da Economia, Paulo Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes

Marcelo Camargo/Agência Brasil - 08.03.2021

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta segunda-feira que os primeiros dados da arrecadação federal de março mostram que as receitas estavam mantendo o ritmo verificado em fevereiro, quando o recolhimento de tributos foi recorde, mas que os números da segunda quinzena do mês, e também os de abril, já devem sofrer o impacto do recrudescimento da pandemia.

"Evidentemente, daí para a frente, com recrudescimento da pandemia, pancada na economia brasileira, é evidente que devemos sofrer algum impacto", disse Guedes.

O ministro voltou a falar sobre a importância da vacinação em massa, ressaltando que ela é o único caminho para garantir o retorno seguro das pessoas ao trabalho, particularmente os mais vulneráveis.

O ministro disse que, além do auxílio emergencial, é obrigação do governo garantir a vacinação em massa nos "próximos três, quatro meses".

A arrecadação federal teve crescimento real de 4,3% em fevereiro sobre o mesmo mês do ano passado e somou 127,7 bilhões de reais, melhor resultado desde o início da série da Receita, em 2000. O recolhimento do bimestre, de 308 bilhões de reais, também foi recorde.

Últimas